Ex-Vitória se torna o técnico mais duradouro entre as Séries A e D

Demissão de Marcus Grippi da Caldense tornou João Burse o treinador com mais tempo na função entre os times brasileiros

Três anos após sair do comando técnico do Esporte Clube Vitória, João Burse conquistou um espaço importante em outro clube do Brasil: o Cianorte. Na última quarta-feira (20), ele passou a figurar na liderança entre os técnicos mais duradouros das quatro divisões do Campeonato Brasileiro na atual temporada. Isso porque Marcus Grippi deixou a Caldense há pouco menos de uma semana.

 

Burse assumiu o Leão do Vale em outubro de 2019. Além disso, mediante os 50 jogos treinando a equipe paranaense, ele teve o contrato estendido até 2022. Dentre o período que está a frente do time, ele disputou 33 partidas em um ano, onde faturou 11 triunfos.

“É motivo de muita alegria estar indo para a minha terceira temporada no Cianorte. Aqui tenho um clube e uma cidade que sempre nos acolheu com muito carinho, à minha família e à família do Marcão (auxiliar). Somos muito felizes aqui. Espero continuar retribuindo todo esse carinho que nos dão”, comentou.

O elenco do Cianorte vai se reapresentar no dia 6 de dezembro, quando começa a preparação para o Campeonato Paranaense do próximo ano. No comando do Leão da Barra, João Burse conquistou títulos da Copa do Brasil sub-17, em 2015, treinou as equipes sub-20 e sub-23. Acima de tudo, exerceu a função de técnico do time principal até o término da Série A de 2018, quando Paulo Cezar Carpegiani se desligou do clube baiano.

Deixe seu comentário!