Guto fala sobre reencontro com o Ceará e espera jogo muito difícil

O próximo compromisso do Bahia está marcado para esta quarta-feira, contra o Ceará

Foto - Felipe Oliveira

Nesta quarta-feira, o técnico Guto Ferreira vai se reencontrar com o Ceará, seu ex-clube, onde estava até 29 de agosto, quando foi demitido depois de 94 jogos a frente do clube, com 41 vitórias, 30 empates e 23 derrotas. Livre no mercado, Guto retornou ao Bahia após a demissão de Diego Dabove, e em pouco tempo arrumou a casa. Em quatro jogos, conquistou dois triunfos (2 a 0 no Athletico e 3 a 0 na Chapecoense) e dois empates sem gols (Palmeiras e América-MG). Apenas um ponto separa os dois times na tabela. O Vozão é o 14º colocado com 32, enquanto o Esquadrão aparece um degrau abaixo com 31. O treinador tricolor falou sobre o confronto com o Ceará.

 

“Equipe que marca muito forte, não desiste nunca, tem qualidade e muito difícil de ser batida. Eles vêm em uma sequência que perderam pouco. Vai ser um jogo muito difícil, embora o Bahia tenha tido felicidade esse ano de vencer o Ceará em duas partidas. Partida importantíssima, mais uma decisão, e a gente tem que minimizar erros. Estamos com todos anotados. É uma coisa interna nossa”, explicou o treinador.

Guto também aproveitou para convocar a torcida tricolor para a decisão contra o Ceará e espera contar com 14 mil torcedores na Arena Fonte Nova.

“Jogo a jogo. Hoje a gente está fora da zona com dois pontos de diferença. Mas, se bobear, próxima rodada nos coloca de novo. Hoje tínhamos oito finais. Jogo dificílimo contra o Ceará. Esse triunfo é importantíssimo para o que temos como objetivo. E depois vamos para Caxias jogar outra final. Mas, hoje, o pensamento é só Ceará.”

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*