Roger Machado isenta Élber por gol perdido e aprova atuação do Bahia

"Pra mim não foi displicência, foi a escolha que ele tomou", disse

Na noite desta quinta-feira, o Esporte Clube Bahia ficou no empate em 1 a 1 com o São Paulo, no Estádio do Morumbi, pelo complemento da 4ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O Esquadrão chegou a perder um pênalti com Gilberto, mas depois abriu o placar com Rossi, aos 20 minutos do primeiro tempo. No segundo tempo, o Esquadrão perdeu chances de matar o jogo, uma delas clara com Élber, e acabou sofrendo o empate aos 40 minutos com gol de Luciano. Em entrevista após a partida, o técnico Roger Machado isentou Élber pelo gol perdido e afirmou que não houve displicência por parte do meia-atacante.

 

“Pra mim não foi displicência, foi a escolha que ele tomou para definir a jogada. Tenho que valorizar meu jogador que tem a iniciativa da vitória pessoal e na frente do goleiro foi a opção que ele tomou. Se ele tivesse feito o gol de cavadinha nós estaríamos falando num golaço que abriria os jornais esportivos do Brasil. Foi a escolha que ele teve no momento da decisão”, disse.

Roger explicou a escolha por entrar jogando com João Pedro e Zeca. “A gente colocar os jogadores mais frescos, na medida que Nino e Juninho, nesse último mês, tiveram mais minutos. O Juninho nesses últimos jogos já substitui pelo Zeca porque pegou jogadores rápidos… O Nino foi usado no estadual e na Copa odo Nordeste. Deixar todo mundo em estado de alerta e imaginando que pode estar em campo”, explicou.

Sobre a atuação do time, Roger foi só elogios. “A gente criou muitas oportunidades para sair vitoriosos, jogamos bem, uma partida consistente. Tomamos o gol no final da partida que não tira o mérito do ponto conquistado fora de casa. O bom disso é que criamos. A eficiência tem dia que ela tá melhor e pior”, pontuou.

Com o empate, o Bahia chegou aos 7 pontos e se mantém na quarta colocação, atrás de Vasco (1º), Internacional (2º) e Atlético-MG (3º), todos com 9 pontos. O Esporte Clube Bahia volta a campo no próximo domingo (23), novamente fora de casa, agora contra o Ceará, em duelo marcado para 20h na Arena Castelão. O jogo marca o reencontro dos times pouco tempo após a decisão da Copa do Nordeste. O Esquadrão só volta a jogar em casa no dia 29 de agosto, um sábado, às 19h, contra o Palmeiras, no Estádio Metropolitano de Pituaçu.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*