Sintam-se bem-vindos à Bahia: Sede da Copa do Nordeste. Muito Axé!

Bahia goleou e enfrenta o Botafogo-PB; Vitória empatou e pega o Ceará

Após meses e meses sem a bola rolar nos gramados do futebol brasileiro, com muitos clubes falidos ou em fase pré-falimentar, mesmo sem a pandemia dar sinais de acabar, há um mês que a bola começou a rolar, timidamente, quando no mês passado foi retomada, com muita polêmica, a sequência do Campeonato Carioca que por sinal, já foi finalizado tendo como campeão o Flamengo e este, tendo uma grande baixa que foi a perda do seu treinador Jorge Jesus, o “Mister” que se transferiu para o Benfica e, também, tivemos o reinício do Campeonato Catarinense que após a rodada de reabertura, houve um alto índice de transmissão da Covid-19 que à competição teve de ser paralisada, devendo ser sequenciada à qualquer momento.

 

Já nesse último final de semana, tivemos a retomada de outras competições estaduais, como o Campeonato Paranaense, Paraibano e a última rodada da fase classificatória do Campeonato Pernambucano, com destaque para o Santa Cruz que se classificou em primeiro lugar, o que lhe garantirá vantagem na disputa do Hexagonal para disputa do título estadual, vencendo o Sport por 2×1, derrota que empurrou o arquirrival para a 7ª colocação, empurrando-o à sarjeta, incentivando-o a disputar com três clubes do interior do estado o quadrangular que definirá os dois clubes rebaixados no certame estadual e que disputarão à 2ª divisão do futebol pernambucano 2021. Chamei a atenção desse detalhe, por se tratar de um dos mais tradicionais clubes do futebol nordestino e até brasileiro, depois do Bahia, é claro, obteve acesso à Série A, no final do ano passado, mas, me dá a impressão que já vai entrar no Brasileirão como mero figurante e um dos mais sérios candidatos a uma das quatro vagas do rebaixamento.

E, até que enfim, após os desportistas nordestinos e, principalmente, os baianos suportarem um longo jejum de mais quatro meses sem ver a pelota rolar ao vivo e a cores em jogos oficiais, mesmo com a excentricidade da realização de jogos sem público devido a esse quadro pandêmico que assola o mundo, a Bahia teve o inédito privilégio de sediar uma Copa do Nordeste, a partir dos jogos que fecham à fase de grupos, passando pelas quartas de final, semifinais até à finalíssima da competição, cujo palco [vazio], deverá ser Barradão ou Pituaçu, em função da eventual indisponibilidade da Arena Fonte Nova.

O fato bom e concreto, é que desde terça-feira que houve a abertura da 8ª rodada com o jogo Fortaleza 3 x 1 América/RN resultado, absolutamente, normal, sabemos que o futebol não tem lógica mas, há superioridade de elenco e o elenco do time cearense é, infinitamente, superior ao elenco do time potiguar, independentemente, de um estar na Série A e outro na Série D e o Fortaleza, juntamente com o Bahia e o Ceará, correndo por fora, são apontados como favoritos à conquista do título da competição. Ontem, houve sequência e fechamento da rodada, com o jogo Frei Paulistano x Imperatriz sendo cancelado em função de ambas às equipes estarem sem nenhuma chance de classificação.

Tivemos Botafogo 1×1 Vitória, River 0x 1 Santa Cruz, Sport 1 x1 Confiança, CRB 1 x 2 Ceará, ABC 0x2 CSA, enquanto o Bahia que já estava classificado, juntamente com o Fortaleza, jogando em Pituaçu, goleou o velho e contumaz freguês Náutico por 4 x1, placar suficiente para empatar em todos critérios técnicos com o Fortaleza, ficando em 2º lugar no grupo em função de critérios disciplinares. Mas, foi bom, Rodriguinho marcou seu primeiro gol com a camisa do Bahia, Fernandão voltou a marcar, enfim, após quatro meses de paralisação, não se podia cobrar muito e a segunda colocação no grupo foi bem vinda já que não conseguimos se classificar em primeiro lugar, posição que poderia não trazer nenhum benefício no jogo das quartas de final, em função da ausência do seu torcedor nas dependências de Pituaçu, mas, não se pode negar que se trata de uma posição emblemática dentro da competição que poderia e deveria dar confiança ao grupo para sequência da Copa, que já no próximo sábado serão conhecidos os quatro clubes semifinalistas e já no dia 04 de agosto, já teremos conhecimento do clube que conquistou a “orelhuda”.

Hoje, teremos a retomada da fase classificatória do Campeonato Baiano na realização da sua 8ª Rodada com o Bahia defendendo à liderança, jogando em Pituaçu diante do Atlético de Alagoinhas e mais a realização de quatro jogos, sendo que no próximo domingo, teremos a nona e última rodada dessa fase, definindo as quatro equipes que disputarão às semifinais e finais da competição.

Isto posto, só nos resta torcer que não haja nenhuma intercorrência no decorrer dessas competições para que no final, ambas sejam coroadas de pleno êxito, sem esquecer de reconhecer e agradecer todas as entidades, dirigentes e autoridades envolvidas em todo processo tão difícil de se chegar a um denominador comum que foi à retomada dessas competições num momento de de tão grave pandemia em que o mundo vive e ainda, honrando a Bahia de sediar os jogos que faltavam para o encerramento da competição que podem trazer bons presságios para o Brasileirão que se iniciará no próximo mês.

José Antônio Reis, torcedor do Bahia e colaborador do Futebol Bahiano.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*