Chapecoense não supera concorrência e desiste de zagueiro do Vitória

Zagueiro retorna ao Vitória em 2020, mas não vai ficar

Foto: Maurícia da Matta / E.C. Vitória

A Chapecoense ainda não anunciou nenhum reforço para a temporada 2020 e com a queda para Série B, o clube pretende enxugar a folha salarial, reduzindo para R$ 800 mil, diante do enorme problema financeiro que terá no próximo ano com a diminuição da cota de TV. Com isso, a Chape terá dificuldades para qualificar o seu elenco e, de acordo com informação do site Globoesporte, já desistiu de contratar o zagueiro Ruan Renato, que tem contrato com o Vitória até o final de 2020 e estava emprestado ao Figueirense. Segundo o portal, os valores oferecidos por concorrentes que também disputarão a Série B foram superiores aos que o clube esperava desembolsar para contar com o defensor de 25 anos. O destino do defensor ainda é uma incógnita.

 

Após atuar em 44 jogos e marcar um gol com a camisa do Figueirense, o zagueiro Ruan Renato vai retornar de empréstimo, porém, não se aproveitado pelo Esporte Clube Vitória na temporada 2020 e será novamente repassado, seja negociado em definitivo ou novamente emprestado. Ele chegou a ser alvo da Chapecoense, indicado pelo técnico Hemerson Maria, com que Ruan trabalhou no Figueira. Anunciado esta semana, o treinador comanda a Chape em 2020.

Natural de Paulínia (SP), Ruan Renato chegou ao Vitória após passagem pelo Austria Wien, da Áustria, porém, não conseguiu se firmar na equipe rubro-negra. Foram apenas 7 jogos pelo time principal e 2 pelo Sub-23 no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Ele acumula passagens também por Mogi Mirim, Santa Rita-AL, Guaratinguetá-SP e Juventude, além do Figueirense, onde atuou 44 jogos na temporada.

LEIA TAMBÉM

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*