Bellintani fala sobre orçamento, sequência fora de casa e críticas à Enderson

"Enderson terminou em alta o ano passado", frisou

Em entrevista ao canal Fox Sports na Arena Castelão, antes da partida contra o Fortaleza, pela Copa do Nordeste, o presidente Guilherme Bellintani falou sobre o orçamento do Esporte Clube Bahia, maior de um clube do Nordeste, de R$ 140 milhões para o ano de 2019. O mandatário destacou também que apesar do bom orçamento, o Esquadrão tem também a maior dívida entre os tradicionais clubes nordestinos acumuladas por anos de gestões complicadas e irresponsáveis. “A gente está aqui para enfrentar esses desafios”, disse.

Questionado sobre a sequência de SETE partidas consecutivas fora de Salvador, o presidente frisou ser um fato inédito e jamais presenciado na história do Bahia (Sequência como visitante: Rio Branco-AC, Vitória da Conquista, Liverpool-URU, Fortaleza, Jacuipense, Altos-PI e Santa Cruz de Natal), por quatro competições diferentes: Copa do Brasil, Campeonato Baiano, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil.

Por fim, Bellintani respondeu a pergunta sobre as críticas do torcedor ao técnico Enderson Moreira. Segundo o presidente, Enderson conta a confiança da diretoria, destacando o bom trabalho na temporada 2018 e que só não foi melhor por conta dos erros de arbitragem na Sul-Americana que poderia ter ido mais longe. O mandatário também frisou que uma agremiação que pensa em demitir treinador com meses de trabalho, não é uma gestão que pensa no planejamento.

“Enderson terminou em alta o ano passado. Pegou o time na zona de rebaixamento quando chegou, terminou o Brasileiro em 11º colocado, melhor colocação da histórica do clube. Um treinador responsável.”

VEJA O VÍDEO ABAIXO:



Deixe seu comentário

6 Comentário

  1. O trabalho tem que ser feito assim mesmo. 1º semestre serve para ir aperfeiçoando e conhecendo os atletas do time. Até o momento foram 13 partidas. 04 Copa do Nordeste (01 triunfo e 03 empates), 01 Copa do Brasil ( 01 empate e classificado), 06 Campeonato Baiano (03 triunfos, 02 empates e 01 derrota) 05 partidas com o time B e sub 23 e 01 com o profissional, Infelizmente o grande fiasco foi numa competição importante, a sul americana, mesmo j ogando bem as 02 partidas, ficamos no meio do caminho com 01 derrota e 01 empate. No mais tudo está sendo válido, o time esta sendo remontado e a direção jamais cometera a loucura de tirar o treinador. Principalmente quando o último resultado negativo foi no dia 07/02., quando perdemos para o Liverpool. São 13 partidas (04 triunfos/07 empates/02 derrotas). Imprensa horrorosa de Salvador, que para mim só fazem tumultuar, não entendem nada de futebol, os mesmos são rudes e com opiniões próprias de parecer quase RAIVA, pegam no pé de alguns atletas, como pegaram no de GUSTAGOL, CÍCERO ,ALECSANDRO., deixem direção, comissão técnica e jogadores trabalharem . O grupo está unido e vocês não vê nenhum jogador jogando sem vontade. Estão todos tentando acertar, e é justamente por isso erros grosseiros acontecem., apesar de eu achar que a defesa toma muito goals bestas. Agora dou um conselho para quem não esta satisfeito, tomem um chá de se PIQUE para o aterro de Canabrava, ou vão para o Morumbi, Ninho do Urubú ou Ilha do Retiro.

  2. O QUE FALTA A ESTA DIRETORIA DE FUTEBOL DO BAHIA, É ENXERGAR “ALÉM DOS RESULTADOS”! POIS APESAR DA LOUVÁVEL 11º COLOCAÇÃO NA SÉRIE A, E DA BOA CAMPANHA NA SUL AMERICANA DE 2018, SERÁ QUE, ESTE TREINADOR TEVE UM COMPORTAMENTO TÁTICO NOS MOMENTOS DECISIVOS QUE POSSIBILITASSE AO TIME DO BAHIA VARIAR O ESQUEMA TÁTICO NOS MOMENTOS CERTOS DAS PARTIDAS ??

1 Trackback / Pingback

  1. Chuck E Cheese Coupons

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*