Para ficar com ex-Bahia, Grêmio pode ceder Marinho ao Corinthians

Grêmio quer ficar com o lateral Juninho Capixaba

Com o fim do Campeonato Brasileiro da Série A, o mercado da bola começa a ficar movimentado e deve ter novidades nos próximos dias. De acordo com o site Globoesporte, Grêmio e Corinthians podem negociar uma troca de jogadores para a temporada 2019, envolvendo dois velhos conhecidos dos torcedores de Bahia e Vitória.

Interessado em ficar em definitivo com o lateral-esquerdo Juninho Capixaba, revelado no Bahia e vendido ao Corinthians no início desse ano, o Grêmio cogita ceder ao clube paulista o meia-atacante Marinho, herói do Vitória na temporada 2016 quando carregou o time rubro-negro nas costas evitando o rebaixamento. O presidente Romildo Bolzan Júnior confirmou a intenção durante entrevista coletiva, nesse domingo.

 “Sei. Sei de todo o processo, de todos os jogadores que voltam, quem fica e não fica, mas a gente vai reservar isso para falar depois. Agora que acabou o campeonato, a gente vai sentar com o Duílio, com o Alessandro (dirigentes corintianos) e depois vamos explicar os jogadores que permanecem ou não. Por enquanto, não posso revelar”, comentou treinador, depois da derrota alvinegra por 1 a 0 na casa do Tricolor Gaúcho.

Juninho Capixaba custou aos cofres do Corinhians R$ 6 milhões, além da cessão do goleiro Douglas ao Bahia. Porém, não repetiu no Timão as boas atuações que teve no Esquadrão em 2016. Com apenas realizados 12 jogos, alguns deles cometendo falhas e tirando a paciência dos corintianos, foi emprestado ao Grêmio até maio de 2019. No clube gaúcho, também sofreu lesão e só fez 4 jogos, marcando 3 gols.

Já o atacante Marinho custou R$ 8 milhões ao Grêmio, pagos ao clube chinês Changchun Yatai. No entanto, o ex-Vitória sofreu com lesões no Sul e marcou apenas um gol em 16 partidas.



Deixe seu comentário