Goiás e Ceará podem perder direito de disputar Série A por suposto jogador irregular

Jogador teria jogado de forma irregular em ambos os clubes

O Campeonato Brasileiro da Série B, assim como os demais, já se encerrou com o acesso de Fortaleza, CSA, Avaí e Goiás, abrindo espaço para o Sport-PE, América-MG, Vitória e Paraná. No entanto, de acordo informações da imprensa de Campinas, uma suposta irregularidade no registro do lateral-direito Ernandes pode mudar a lista dos clubes e como consequência, a lista dos clubes rebaixados.

O problema reside na utilização do lateral Ernandes que fez um jogo pelo Ceará na Série A (derrota para o Santos, na primeira rodada) e 31 jogos pelo Goiás na Série B em situação irregular tendo o jogador duas certidões de nascimento com datas iguais, porém com anos distintos.

Se o STJD entender que esses clubes devem ser punidos por uma suposta escalação irregular de Ernandes, o Ceará seria rebaixado no lugar do Sport, e a Ponte Preta subiria na vaga do Goiás. Outro que acompanha distante as denúncias é o Paysandu, que fechou a Série B na 17ª posição, com 43. Se o Goiás perder os pontos disputados com Ernandes em campo cairia direto para a zona de rebaixamento, salvando o clube paraense de disputar a Série C em 2019.

Goiás nega. Veja abaixo.



Por meio de sua assessoria de imprensa, o Goiás divulgou uma nota oficial comentando o caso. Leia na íntegra:

No Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ernandes Dias Luz nasceu no dia 11 de novembro de 1987, ou seja, como consta no documento apresentado pelo jogador no ato de contrato com o Goiás Esporte Clube. Se o atleta possui outra documentação, o fato não é de responsabilidade do clube que o contratou e sim de quem efetuou o registro do jogador como profissional de futebol. Em toda documentação de Ernandes apresentada ao Goiás, desde Carteira de Trabalho, de Reservista, Carteira de Motorista e de Identidade apresentam a data de nascimento com o ano de 1987. Fato este que não acarretará nenhum tipo de ação ou punição contra o Goiás Esporte Clube. O atleta está de férias e até o presente momento não foi localizado para prestar esclarecimentos sobre o fato apresentado.

Bola de Prata: Confira os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro 2018

Deixe seu comentário