Copa do Brasil: Corinthians se fecha e arranca empate com o Flamengo

Corinthians e Flamengo decidem vaga no dia 26 em São Paulo

O primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil aconteceu nesta quarta-feira envolvendo Flamengo e Corinthians, dois clubes que abrigam uma legião imensa de torcedores do Brasil e ambos buscando o tetracampeonato do segundo maior torneio em importância no calendário brasileiro, além daquele que mais distribui valores em premiação: CBF pagará R$ 50 milhões ao vencedor da competição.

O valor ainda fica maior se somado a premiação recebida desde as primeiras fases, podendo chegar ao montante de R$ 67,3 milhões, por isto foi cercado de muitas expectativas e um Maracanã superlotado com 54 mil torcedores no Estádio.

No entanto, se a premiação é fantástica e as arquibancadas estiveram cheias, dentro de campo após 90 minutos de futebol pobre de lances importantes e emoção, cariocas e paulistas ficaram no empate sonolento de 0 x 0. Resultado que de certo modo pode ser considerado como ótimo para o Corinthians que decidirá a vaga de finalista atuando na Arena Itaquerão no próximo dia 26 de Setembro, aliás, foi clara a proposta do técnico Jair Ventura em não correr riscos no jogo. Vale lembrar que com o novo regulamento, repetindo outro empate seja qualquer placar, a decisão será levada para as cobranças dos pênaltis.



O sobrevivente do duelo enfrentará o vencedor de Palmeiras e Cruzeiro, atual campeão da competição. O primeiro jogo acontece também nesta quarta-feira, com o time mineiro vencendo pelo placar de 1 x 0, com o argentino Hernán Barcos marcando o único gol do jogo aos 4 minutos do primeiro em partida realizada na Arena Allianz Parque na capital paulista.

Os quatro times entraram direto nas oitavas de final, um direito reservado aos clubes que representam o país na Copa Libertadores da América. O Timão eliminou Vitória, com placar agregado de 3 a 1; e Chapecoense, nas quartas, com duas vitórias pelo placar mínimo. O Mengão passou por Ponte Preta e Grêmio – 1 a 0 no somatório com a Macaca e 2 a 1 no Tricolor.

Veja os melhores momentos

Deixe seu comentário