Após nova derrota, Eduardo Baptista entrega o boné e deixa o Sport-PE

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, agora para o Palmeiras em plena Ilha do Retiro, o técnico Eduardo Baptista não é mais o treinador do Sport Recife. Ele entregou o boné e pediu demissão neste segunda-feira depois de 40 dias de trabalho. O clube deve oficializar o desligamento na tarde desta segunda-feira. Além dele, sai também o auxiliar técnico Gustavo Bueno.

Sob seu comando, o Sport disputou oito partidas, acumulou uma vitória (contra o lanterna Paraná), um empate e seis derrotas, se instalando no 19º lugar da Série A, com 24 pontos. Ele sai com 16,6% de aproveitamento. Bem diferente da primeira passagem quando teve um aproveitamento superior a 50% e conquistou a Copa do Nordeste e o Campeonato Pernambucano.



Durante a semana, o treinador fez um discurso motivador na entrevista coletiva, afirmando que poderia ser o Real Madrid ou Íbis, que daria Sport. Porém, o time até lutou, mas não conseguiu vencer o mistão do Palmeiras, sendo derrotado por 1 x 0.

O Sport agora vai para o quarto treinador nesta temporada. O primeiro foi o pai de Eduardo, Nelsinho Baptista, que saiu após a segunda rodada da Série A. Em sequência veio Claudinei Oliveira, que deixou o time depois de perder para o São Paulo, por 3 a 1, em jogo válido pela 18ª rodada da Série A.

Deixe seu comentário