Robinho não aceita redução salarial e pede para sair do Galo

O estafe do atacante ficou irritado com a forma que o Galo tratou da situação

O atacante Robinho está com os dias contados no Atlético-MG. Após o clube oferecer ao jogador uma redução salarial de 100% (diminuindo de R$ 800 mil para R$ 400 mil), o jogador não gostou nada da proposta e enviou um documento formalizando a sua saída do clube mineiro. Lembrando que Robinho vem sendo alvo de protesto da torcida que pede sua saída depois da acusação da imprensa italiana de estupro.

O estafe do atacante ficou irritado com a forma que o Galo tratou da situação. Ainda segundo o site, o atual diretor de futebol do Atlético Mineiro, Alexandre Gallo, ex-Vitória, colocou data e hora para responder a proposta enviada para a permanência de Robinho. A situação causou mal-estar e deixou subentendido que o clube não faz questão de ter Robinho por mais um ano.

Embora esteja acontecendo tudo isso, o Atlético ainda pode garantir a permanência de Robinho em 2018, pois uma cláusula no contrato do atleta garante que a equipe tem a preferência na renovação, se quiser, mas pra isso terá que manter os valores, algo que o clube não pretende fazer.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*