Ponte Preta ainda tenta rescindir contrato do zagueiro Rodrigo

O zagueiro tem contrato vigente até dezembro de 2018

Mesmo após aquela “dedada” que culminou com o rebaixamento da Ponte Preta, o zagueiro Rodrigo, pivô da polêmica, segue como jogador da Macaca. A demora na rescisão do contrato do jogador é encontrar uma forma de não pagar a multa, ou negociar um valor menor para realizar o desligamento.

Rodrigo tem contrato vigente até dezembro de 2018 e ainda 13 parcelas de acordo trabalhista referente a uma dívida passada. A Ponte Preta conversa com os empresários do atleta e pede para que haja uma compreensão na rescisão. Além de Rodrigo, outros atletas deixaram a Macaca, caso do lateral Nino Paraíba e do volante Elton, ambos reforços doBahia, além dos atacantes Emerson Sheik e Lucca. O técnico Eduardo Baptista segue no clube.

Deixe seu comentário