Guto Ferreira cobra do Internacional R$ 5 milhões em premiações

Treinador, hoje no Bahia, vai entrar com ação trabalhista contra o Colorado

Anunciado como novo treinador do Bahia, e tendo de encarar a resistência de boa parte da torcida tricolor, Guto Ferreira deve mover na justiça uma ação trabalhista contra o Internacional. Mesmo demitido três rodadas antes do término da Série B, o treinador cobra do clube premiações prometidas em caso de acesso. Caso ganhe a ação na justiça, ele teria direito a receber algo em torno de R$ 5 milhões. Ele cobra R$ 1 milhão pelo acesso mais 13 meses de salário – 12 e mais o 13º. Lembrando que o investimento para contratar “Gordiola” não foi baixo. R$ 300 mil de salário e R$ 500 mil multa ao Bahia.

Guto Ferreira foi demitido pelo Inter em 11 de novembro, à três rodadas do término da competição, após uma sequência de quatro jogos sem vitórias no Brasileiro da Série B. O interino Odair Hellmann assumiu interinamente e, após o acesso, foi confirmado como técnico para 2018. Já Guto ficou desempregado, até o dia de ontem (26 de dezembro) quando acertou o retorno ao Bahia. Na sua primeira passagem, conquistou o acesso à elite em 2016 e foi campeão do Nordeste em 2017, deixando o tricolor para acertar com o Colorado.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. รับทำเว็บไซต์

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*