Só um milagre caprichado salva o Sport-PE da Série B

O time precisa vencer, 3 dos 4 jogos. Mas há 9 rodadas não vence ninguém

A situação do Sport-PE já era complicada e após a derrota para Atlético-GO, por 2 x 0, torna o caminho do time pernambucano duro e de pedra quando é  obrigado a executar uma tarefa daquelas listadas próxima do impossível.

Para escapar da degola, o time precisa vencer três das quatro partidas ainda restantes. Olha o problema: Palmeiras em São Paulo. Bahia em Recife. Fluminense no Rio de Janeiro e o Corinthians certamente já campeão em Recife, e ainda assim, contar com tropeços dos adversários acima da tabela.

Difícil de acreditar em um time que não tem um técnico, apenas faz um experimento como fez o Bahia com Preto fracassando e é incapaz de resistir ao lanterna do campeonato, em um jogo considerado por eles mesmo, como de vida ou morte possa sobreviver. No meu entendimento e com baixa margem de erro o Leão já foi embora e no próximo ano visitará a belíssima Arapiraca, aliás, será uma honra para o CSA.

Se Sport-PE precisa vencer os três jogos dos 4 restantes, é preciso lembrar ou não esquecer que o time vermelho preto há NOVE rodadas vence uma única partida. Até milagre tem limite, no entanto, uma suposta queda do Sport-PE, pode ser considerada como um gesto de solidariedade ao Náutico e Santa Cruz rebaixamentos para Serie C no sábado.

Curiosamente após a derrota a direção acena que pode contratar um técnico para os últimos jogos, digamos, um milagreiro. Um Babalorixá com mestrado em Argola. Uma reunião foi marcada para essa segunda-feira, onde o assunto será tratado. Se fosse um clube da Bahia, certamente a sugestão é o técnico Arthurzinho como solução perfeita e ideal seria Arthurzinho.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*