Show e goleada do Bahia é o destaque da rodada

A cortina foi aberta e o espetáculo deu-se por iniciado, para alegria dos torcedores que apreciam o bom futebol. A primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, maior e mais disputado campeonato do Brasil, quiçá do mundo, começou no sábado com dois jogos, continuou neste domingo com mais sete partidas e só será de fato encerrado na segunda com Coritiba x Atlético-GO no Couto Pereira. Destaque maior para o Esporte Clube Bahia que retornou à elite do futebol nacional de forma avassaladora atropelando o Atlético-PR por 6×2.

Um triunfo de proporções que não se tem registro na história recente do clube, além de quebrar uma sequência de muitos anos apenas empatando ou perdendo na estreia da competição nacional. Mas não foi somente o tricolor que goleou na rodada, Palmeiras e Ponte Preta também não tiveram pena de Vasco e Sport e venceram por 4×0 (cada).

9 jogos até então, com 28 gols, média fantástica de 3,1 por partida. A maior dos últimos 10 anos.  Apenas uma partida sem gols, Avaí e Vitória. Nenhum visitante obteve os três pontos.  Henrique Dourado do Fluminense, Régis do Bahia, Borja do Palmeiras, Clayson da Ponte Preta foram os artilheiros da rodada, cada um marcando dois gols. Destaque especial para Régis do Bahia, que não marcou de pênalti como os demais artilheiros.

O Flamengo com o empate contra o Atlético-MG registrou o maior público da rodada com 50 mil no Maracanã, porém, o Palmeiras com apenas 33 mil no triunfo contra Vasco foi que anotou o maior renda bruta: 2.109.685,93. Já no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, se deu a menor presença de torcedores, apenas 4.798 estiveram presentes para prestigiar o empate sem gols entre Avaí e Vitória com 103 mil arrecadado. O Bahia ao vencer o Atlético-PR na Fonte Nova registrou o sexto maior público da rodada: 8.134 torcedores

Veja detalhes + 28 gols marcados


FLAMENGO 1X1 ATLÉTICO-MG

Um clássico nacional e dois francos candidatos ao título brasileiro em 2017, assim como em 2016. Jogaço que abriu o Campeonato Brasileiro no sábado, no estádio do Maracanã. Matheus Sávio fez o gol do Urubu, enquanto Elias empatou e cantou de Galo. Empate também no duelo particular entre Guerrero e Fred, os dois maiores atacantes em atuação no futebol brasileiro. No banco, o duelo entre dois treinadores da nova safra: Zé Ricardo e Roger Machado.   

CORINTHIANS 1X1 CHAPECOENSE

A Chape não se intimidou diante dos corintianos no estádio do Itaquerão e arrancou um empate importante diante do Corinthians e poderia até ter vencido se não fosse a arbitragem. Jô fez para os paulistas. Wellington Paulista empatou para os catarinenses.

FLUMINENSE 3X2 SANTOS

Dizem que os jogadores do Fluminense estão meses sem receber salário. Se estão, pelo menos não deixaram transparecer isto em campo. Neste domingo no horário do almoço estavam famintos e a refeição servida foi “Peixe”. Com gols de Henrique Dourado (duas vezes) e Sornoza, bateu o Santos por 3×2. Victor Ferraz e Hérnandez descontaram para os paulistas, no Maracanã.

BAHIA 6X2 ATLÉTICO-PR

Um com a cabeça na final de Copa do Nordeste, o outro do jogo de vida ou morte pela Copa  Libertadores. Assim entraram em campo Bahia e Atlético-PR na Arena Fonte Nova, melhor para o Tricolor Baiano que soube focar no seu objetivo e goleou o mistão do Atlético por 6×2, com direito a duas viradas e 4 gols num espaço de 7 minutos. Tiago, Zé Rafael, Régis (duas vezes), Edigar e Edson foram os responsáveis pelo triunfo, enquanto Guilherme e Marcão descontou para o Furacão. O resultado colocou o Esquadrão na liderança da Série A.

AVAÍ 0X0 VITÓRIA

Único jogo sem gols da primeira rodada que finaliza na segunda com Coritiba x Atlético-GO. Para o Avaí um resultado ruim, já que jogando dentro de casa diante de um adversário com inúmeros desfalques era obrigação vencer. Para o Leão que estreou o técnico Petkovic, um ponto importante somado num campeonato onde é necessário vencer em casa e pontuar fora, principalmente contra um possível concorrente direito ao rebaixamento.

PALMEIRAS 4X0 VASCO

De um lado, o atual campeão brasileiro e sem sombra de dúvidas fortíssimo candidato ao título em 2017. Do outro, um gigante adormecido e vivendo um inferno astral nos últimos anos com três rebaixamentos nas costas. Moral da história: Triunfo maiúsculo do Palmeiras sem contestações na estreia do técnico Cuca, com gols de Jean, Guerra e Borja (duas vezes) no estádio Allianz Parque.


PONTE PRETA 4X0 SPORT-PE

Com a cabeça no Bahia, adversário da final do Nordestão, o Sport foi castigado e atuando com um time misto foi goleado pelo vice-campeão do Campeonato Paulista, a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. Gols anotados por Lucca, Nino Paraíba e Clayson (duas vezes).


CRUZEIRO 1X0 SÃO PAULO

A impaciência do torcedor são paulino segue aumentando e o ídolo e atual técnico Rogério Ceni já não se trata de uma unanimidade para seguir no comando do clube. Após três eliminações (Paulista, Copa do Brasil e Sul-Americana), estreou com o pé esquerdo e perdeu para o Cruzeiro de Mano Menezes, gude-preso, único tento assinalado pelo argentino Ábila, no Mineirão.

GRÊMIO 2X0 BOTAFOGO

O Grêmio do ex-jogador Renato Gaúcho não titubeou e venceu na sua Arena o Botafogo de Jair Ventura e com isto já figura entre os quatro primeiros do Brasileirão. O destaque vai para o volante Ramiro, autor dos dois gols do triunfo gremista.

Flamengo 1 x 1 Atlético-MG


19h – Corinthians 1×1 Chapecoense – Arena Corinthians, São Paulo

11h – Fluminense 3×2 Santos – Maracanã, Rio de Janeiro

16h – Palmeiras 4×0 Vasco da Gama – Allianz Parque, São Paulo

16h – Ponte Preta 4×0 Sport – Moisés Lucarelli, Campinas (SP)

16h – Bahia 6×2 Atlético-PR – Arena Fonte Nova, Salvador

16h – Cruzeiro 1×0 São Paulo – Mineirão, Belo Horizonte

19h – Grêmio 2×0 Botafogo – Arena do Grêmio, Porto Alegre