Jogadores do Bahia comemoram triunfo sobre o Vasco

Um triunfo para consolidar a reação do Bahia na Série B, um triunfo da afirmação, um triunfo de quem quer realmente buscar o tão sonhado acesso, mas, acima de tudo o triunfo da TORCIDA TRICOLOR, principalmente dos 35.023 torcedores, entre eles a galera pé quente de São Miguel das Matas, que foram apoiar e empurrar um Esquadrão dominante no primeiro tempo e jogando com o resultado debaixo dos braços no segundo, que não deixou o Vasco respirar, marcando sob pressão, buscando o gol, fazendo 1 a 0 com o zagueiro Jackson aos 32 minutos da etapa inicial e conquistando 3 pontos importantíssimos. Após o jogo, os jogadores comemoraram bastante o triunfo e os 3 pontos que valeram por 300 e que colocam o tricolor baiano na 7ª posição caso o Londrina garanta a vitória sobre o Joinville em jogo que está em andamento e vai dando os paranaenses por 1 a 0. 

VEJA O QUE FALARAM OS JOGADORES PÓS JOGO:

TIAGO

– É fruto do nosso trabalho. Só a gente sabe quanto está sendo difícil. Foram muitas críticas. E a gente está junto, porque tem certeza que o time vai subir.


RENATO CAJÁ

– O time foi guerreiro. Conseguimos sair na frente e soubemos dominar. O Vasco é forte. Tem que saber das nossas limitações. O time soube se defender. Infelizmente, não conseguimos ampliar. Vamos seguir fortes. Tem um jogo importante contra o Náutico.

MOISÉS

– O grupo está de parabéns. Foi muita luta hoje, muita raça. O mais importante, saímos com o triunfo e os três pontos.

JUNINHO

– Importante. Mostrou a cara do novo Bahia. Hoje o time tem outra postura, entra sempre para vencer. Hoje foi um grande jogo. A torcida fez um espetáculo, como sempre. Eles são muito importantes, 12º jogador. Não tem como não se motivar.

JACKSON

– Gol importantíssimo que eu vinha buscando não é de hoje. Tenho que agradecer primeiramente a Deus. Pude ajudar a equipe. No jogo passado (contra o Joinville) tive uma falha. (…) Assumo que falhei no jogo passado, mas hoje pude dar minha contribuição.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*