Vitória da Conquista aplica uma surra no Bahia

O Esporte Clube Bahia depois de uma seqüência de 16 jogos de invencibilidade, tomou gosto pela derrota, quando jogando hoje à tarde contra o Vitória da Conquista pelo jogo de ida das finais no Estádio Lomanto Junior, assim como aconteceu contra o Ceará, perdeu outra vez jogando mal para os donos da casa pelo placar expressivo de 3 x 0 e complicou o projeto da conquista do bicampeonato baiano, já que agora precisa vencer o bom time conquistense por 3 gols de diferença que convenhamos, é uma tarefa complicada quando considerado que se trata de uma decisão. No meu entender: Vitória da Conquista é o Campeão Baiano e de forma justa e, sobretudo, merecida pela campanha invicta que vem fazendo até então e pela supremacia demostrada ontem e hoje em cima do Bahia  

O primeiro tempo de Vitória da Conquista e Bahia como estava previsto foi nervoso tenso e equilibrado, com uma breve, mas no entanto, importante predominância do Vitória da Conquista que foi o dono das maiores chances de gols com o atacante Tatu infernizando a dupla formada por Thales e Titi, aliás Titi, foi o responsável pelo 0 x 0, quando tirou uma bola em direção ao gol, em uma nova falha do goleiro Jean.

Já o Bahia tímido e se utilizando do regulamento que lhe oferece o empate, pouco ameaçou e quando assim o fez, foram em lances sem contundência especialmente com bolas alçadas da áreas, todas rebatidas pela defesa do Vitória da Conquista sem dificuldades. Léo Gamalho e o importante Kieza, passaram despercebidos durante os primeiro 45 minutos. Zero a Zero, foi lucro para o Bahia.

Mas o lucro virou prejuízo logo aos 2 minutos do segundo, quando o veteraníssimo volante Fausto, sobe e de cabeça mete para dentro e faz 1 x 0 para o ECPP, fazendo justiça ao melhor futebol praticava no primeiro tempo. A partir daí, o Bahia tentou acordar e atrás do placar, pressionou, colocou uma bola na trave com Max, e só. E como todo castigo para bobo é pouco, Diego Aragão, mesmo com nome de pagodeiro fez 2 x 0, apertando pescoço tricolor e André Beleza matou o jogo, fez o terceiro e praticamente encaminhou o titulo do time do interior no próximo jogo.

Bahia e Vitória da Conquista se enfrentam novamente para ai sim bater o martelo e eleger o Campeão do Campeonato baiano de 2015 no próximo Domingo ( 3) agora na Arena Fonte, com o Vitória da Conquista jogando por um simples empate que lhe conduz pela primeira vez em toda sua curta história para a condição de Campeão baiano, aliás de forma justa já é o único invicto e o clube que somou maior quantidade de pontos em toda a competição. Ao Bahia resta apenas vencer por dois gols de diferença para levantar o caneco.

Agora o Esporte Clube Bahia de cabeça inchada se prepara para a finalissima da Copa do Nordeste que acontece nesta quarta-feira (29) na Arena Castelão, em Fortaleza, uma partida que o tricolor precisa vencer para conquistar tricampeonato da competição. Empate o titulo é do Ceará, triunfo do Bahia pelo placar mínimo, a decisão vai para os pênaltis, vitória do Bahia marcando além de um gol, o caneco é do Bahia

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*