Bahia vs. Ceará: Vamos avante Esquadrão!!

Um grande jogo de futebol não têm necessariamente muitos gols, nem um equilíbrio técnico que nos leve a dúvida do favorito. Tem um roteiro previamente determinado capaz de ser jogado no lixo num simples lance. Numa final de campeonato é necessário muito mais que técnica, é preciso ter competência e sorte, é claro, e também obediência tática, ainda mais quando a decisão é de 180 minutos com o critério do gol fora como método de desempate. Mas, acima de tudo, é preciso ter fé e resgatar a “mística tricolor” em decisões.

Nesta quarta, o Bahia tem a partida mais importante do ano até aqui: vai enfrentar o Ceará em jogo de ida pela final do Nordestão, às 22 horas, na Arena Fonte Nova, palco que estará coberto de azul, vermelho e branco, com mais de 40 mil tricolores. A torcida fez um esforço absurdo, uns acordaram cedo, outros nem dormiram, enfrentaram filas enormes para ver o time do coração dar ponta-pé inicial na busca pelo tricampeonato do nordeste.

O técnico Sérgio Soares terá de dar conta de duas ausências importantes: o zagueiro Titi e o volante Bruno Paulista, que vinha jogando como lateral-esquerdo, ambos suspensos suspensos. Para o lugar do capitão, Robson e Chicão são os cotados. Na ala esquerda, caso Patric não esteja recuperado e bem fisicamente, Carlos e Yuri disputam a posição.    

Indepentende de quem entrar jogadando, é importante que entre preparado e sinta o espírito do que é vestir a camisa de um grande clube numa decisão. Repito as palavras do presidente, ontem no Bola da Vez: “No Nordeste quem tem que mandar é o Bahia!”. O grande dia chegou, agora é a Vera, é a hora de mostrar quem manda e esse será o Esporte Clube Bahia. 

Vamos avante Esquadrão! Vamos, serás o vendedor! Vamos conquistar mais um tento! 

Fellipe Costa 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*