Copa do Nordeste 2014: Ceará Sporting Club

Dando sequência ao modesto resumo dos clubes que vão participar da Copa do Nordeste, que começa nesta sexta-feira, com o jogo entre o Potiguar e Treze, às 21h, no Estádio do Nogueirão, em Mossoró, no Rio Grande do Norte, chegou a hora de comentar (tentar) sobre o Ceará Sporting Club.

O time cearense, no ano passado, fez uma boa campanha, machucou mortalmente o orgulho do torcedor do Esporte Clube Vitória, quando aplicou aquela goleada de 4 x 1 dentro do Barradão, selando de vez e negativamente a participação do rubro-negro na Copa do Nordeste. Mas na sequência, engasgou-se no ASA, e mesmo arrebanhando milhares de torcedores para o recém inaugurado Estádio do Castelão, o time cearense morreu nas quartas de final, eliminado pelo modesto time de Alagoas que, mas tarde, seria o vice-campeão de uma competição que foi conquistada pelo Campinense, clube que, curiosamente, assim como o próprio ASA, está fora da competição.

O clube

Não se tem registro de conquista do Ceará da Copa do Nordeste nos tempos atuais, além de um título no longínquo ano de 1969, época em que o Galícia se sangrou vice-campeão. Portanto, o Ceará, além das praias lindíssimas e do seu forró afamado, precisa neste ano colocar seu nome na história do futebol da região, conquistando pela primeira vez a Copa do Nordeste, justamente no ano do seu centenário. Particularmente, não acredito, a principio, o vovô fará número diante da força de clubes com maior força e coragem como Bahia, Vitória e Sport.

Contratações 

O time será comandado pelo técnico Sérgio Soares e para a temporada 2014 fez duas contratações que, podemos afirmar, de destaque, foram o atacante conhecido e grandão Bill, que apareceu no Corinthians e se destacou em 2011, quando fez parte do elenco vice-campeão da Copa do Brasil e o meia Souza, de 34 anos, que disputou o brasileiro na Portuguesa, mas que ganhou destaque no São Paulo, onde se sagrou tricampeão brasileiro, além de conquistar a Taça Libertadores da América e o Mundial de Clubes, em 2005.

Se junta ao grupo, ainda, o atacante Tadeu, que foi destaque no Icasa no Brasileiro da Série B do passado e Assisinho, que trocou o Fortaleza pelo Ceará. Para a defesa foi contratado o zagueiro Gabriel dos Santos, que estava no Sport-PE. O meia Magno Alves teve seu contrato renovado para a temporada 2014, já Lulinha não renovou e foi jogar no Criciúma.

O time Cearense conta com dois jogadores que tiveram participação no futebol baiano, sem deixar saudades. O lateral direito Marcos, com passagens pelo Bahia e uma temporada no Esporte Clube Vitória, e Rogerinho, meio de campo cheio de chinfra, com passagem pelo tricolor em 2010. 

A estréia do Ceará será no próximo Domingo, quando irá enfrentar o Clube de Regata Brasil, às 18h30 (horário do nordeste), no Estádio do Castelão.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*