Vitória do time de guerreiros no Maracanã

Reprodução

Com competência e poder de superação o Vitória venceu por 3×2 a equipe do Fluminense em partida válida pela 31ª rodada do campeonato brasileiro. Com o resultado o rubro negro atinge 47 pontos ocupando agora a 06ª colocação e mantendo acesa a meta de atingir o G4 da competição.

Atuando com menos 01 jogador desde o 17 minutos do primeiro tempo devido a expulsão do zagueiro Kadu o treinador Ney Franco precisou mudar o sistema tático da equipe com a entrada de Luiz Gustavo para compor a dupla de zaga com  Victor Ramos e recompor o meio campo de marcação sem tirar as características ofensivas da equipe.

A partida foi marcada pela aplicação tática da equipe do Vitória que entrou em campo determinado a conquistar os 03 pontos fundamentais para manter as chances de conquistar uma vaga para disputa da taça Libertadores da América. 

Destaque para o jogador Marquinhos autor do primeiro gol e que se movimentava bem pelo lado direito levando perigo ao gol de Diego Cavaliere. E foi numa jogada rápida de ligação direta entre a defesa e o ataque onde Dinei disputa a jogada pelo alto a bola sobra para Marquinhos da entrada da área  bater cruzado e abrir o marcado fazendo 1×0.

Surpreendido e precisando do resultado o time de Vanderlei Luxemburgo se atira ao ataque e numa boa jogada pela linha de fundo o jovem Biro Biro bate cruzado e Ayrton numa infelicidade acaba fazendo gol contra e determinando a igualdade na partida.

Com o gol tricolor a equipe da casa dava espaços para o contra ataque e visando aproveitar essa deficiência Willian Henrique entra no lugar de Renato Cajá no sentido de dar um maior poder ofensivo a equipe do Vitória pelo lado esquerdo.

Logo no início da etapa complementar Rafael Sobis aproveita a bola cruzada e que ninguém da defesa rubro negra cortou e toca para o fundo da meta do goleiro Wilson que nada pode fazer. 

Não demorou muito e após jogada de Marquinhos que chutou cruzado para a defesa parcial de Diego Cavalieri e o lateral esquerdo Juan escorou de cabeça empatando mais uma vez a partida aos 17 minutos.

O Vitória taticamente em campo tinha o paraguaio Cáceres na proteção da zaga e o meia Escudero atuando mais recuado, porém saindo com qualidade no passe nas jogadas de contra ataque .

Sem deixar o Fluminense esboçar qualquer reação aos 19 minutos em mais uma boa jogada de Marquinhos a bola sobra livre para o talismã rubro negro Willian Henrique colocar o Vitória à frente e dar números finais a partida.

Mais um vitória maiúscula do rubro negro fora de casa que taticamente superou o esquema do adversário e  obteve um triunfo incontestável com gols legítimos apesar da arbitragem questionável no lance da expulsão que deu margem a interpretações à medida que retardou a aplicação do cartão optando por expulsar o jogador Kadu do Vitória. 

Próximo adversário a equipe do Corinthians que não vem fazendo uma grande campanha no Campeonato Brasileiro. Para essa partida o competente técnico Ney Franco não contará com a dupla de zagueiros titular e a provável formação é com Luiz Gustavo e a disputa fica entre Renato Santos e Reniês que serão observados pelo treinador.

A nação rubro negra desde já está convocada para lotar as dependências do Barradão e jogar junto com a equipe na busca de mais uma grande vitória fundamentais para as pretensões do clube de disputa de uma competição internacional.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 X 3 VITÓRIA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 27 de outubro de 2013 

Horário: 18h30

Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Flavio Gomes Barroca (RN)

Cartões amarelos: Gum, Rafinha e Leandro Euzébio e Victor Ramos 

Cartões vermelhos: Kadu 

Gols: Ayrton, contra, 27, Marquinhos, 24 do 1º; Rafael Sobis, 13, Juan, 18 e William Henrique, 19 do 2º

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum (Felipe), Leandro Euzébio e Igor Julião (Ronan); Edinho, Diguinho (Marcos Júnior), Jean e Rafinha; Biro Biro e Rafael Sobis.Técnico: Vanderlei Luxemburgo

VITÓRIA: Wilson, Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel (Luís Gustavo), Cáceres, Escudero e Renato Cajá (William Henrique); Marquinhos e Dinei (Euler). Técnico: Ney Franco

Alessandro Granda, é torcedor do Vitória, parceiro, colaborador, estudante de jornalismo e administra também o BLOG Pauta Esportiva

Deixe seu comentário

16 Comentário

  1. I know this if off topic but I’m looking into starting my own weblog and was curious what all is required to get setup? I’m assuming having a blog like yours would cost a pretty penny? I’m not very web savvy so I’m not 100 sure. Any recommendations or advice would be greatly appreciated. Kudos

  2. I loved as much as you will receive carried out right here. The sketch is attractive, your authored material stylish. nonetheless, you command get bought an impatience over that you wish be delivering the following. unwell unquestionably come more formerly again as exactly the same nearly very often inside case you shield this hike.

  3. In line with my research, after a the foreclosure home is offered at a bidding, it is common for your borrower in order to still have any remaining unpaid debt on the bank loan. There are many lenders who try to have all costs and liens cleared by the next buyer. However, depending on specified programs, rules, and state regulations there may be several loans which are not easily handled through the shift of financial products. Therefore, the duty still falls on the debtor that has had his or her property in foreclosure process. Many thanks sharing your thinking on this site.

  4. Hi there, just became aware of your blog through Google, and found that it is truly informative. I am going to watch out for brussels. I will appreciate if you continue this in future. Numerous people will be benefited from your writing. Cheers!

1 Trackback / Pingback

  1. p320#https://bizhub24.pl

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*