Caricaturas ilustram ídolos do Bahia

O tricolor Fracisco Soza volta a brindar a torcida do Bahia com três novos trabalhos. São as caricaturas de ídolos históricos do clube, projeto que ele ainda pretende transformar em exposição.

Inicialmente, Francisco fez os desenhos dos artilheiros Beijoca e Osni mas, atendendo a “muitos pedidos”, lançou também o do atacante Raudinei, cujo gol que decidiu o Campeonato Baiano de 1994 o alavancou ao rol de grandes heróis do Tricolor sem nem ter jogado tanto assim por aqui.

Quem é Francisco Soza?

Nascido em Salvador-BA em 1979 e atualmente vivendo em Fortaleza-CE, Francisco Soza desenha desde a infância e trabalha como ilustrador profissional desde 1997.

Formado em artes plásticas pela Universidade Federal da Bahia em 2005, teve suas caricaturas e cartuns selecionados três vezes para o Salão Universitário Latino Americano de Humor de Piracicaba (2001,2003 e 2004), Salão Unacon de Brasília (2001), Salão Internacional de Piracicaba (2005), Sttutgart Award – Alemanha (2006) e recentemente para o Salão Internacional Humor de Paraguaçu Paulista (2006). Também foi um dos selecionados na Bienal Internacional do Recôncavo em 2004, na categoria fotografia.

Realizou e participou de exposições individuais e coletivas: Lápis, Pincel… Sensações (1999), Coletiva EBA (1999), Panis Et Cincersis (1999-2000), Âmago (2001), Beatles in Bahia (2002), 125 anos da EBA (2002), Visões (2003), Desdobramentos 9 (2004) além de uma amostra no John Lennon Day em Liverpool, Inglaterra (2002).

Também já teve seus trabalhos publicados e divulgados nas revistas Showbizz, Trip, Veja, Super Interessante e nos programas Esporte Espetacular (Globo), A Noite é Uma Criança (Band) e dentre os principais clientes estão: Elizeu Godoy Sport Web Center (BA), ecbahia.com.br (BA), Barradão On Line (BA), Dep. Confúcio Moura (DF), Idecar (SP), Comtexto (SP), Sportmania (RJ) e EXPM (RJ).

Você pode conferir alguns dos trabalhos do Francisco Soza em seu blog de caricaturas. O endereço é http://sozacaricaturas.blogspot.com.
Ecbahia

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*