Sem eficiência e com erro do goleiro, Bahia perde para o Sampaio na estreia do Nordestão

Bahia tem novo compromisso na próxima quarta-feira (25), às 21h30, contra o Jacobinense

Foto: Ronald Felipe/Divulgação/Sampaio Corrêa

O Esporte Clube Bahia visitou o Sampaio Corrêa neste domingo (22) com o intuito de começar a Copa do Nordeste 2023 com o pé direito e também encerrar um tabu incômodo de nunca ter vencido o adversário no Estádio Castelão, em São Luís-MA, e teve tudo para isso, mas não soube aproveitar. Com a pontaria descalibrada e com erro bizarro do goleiro Marcos Felipe, que “entregou o ouro”, o Esquadrão acabou perdendo por 1 a 0, com gol de Vinicius Alves.

 

A expressão popular “quem não faz, toma” descreve o que foi o primeiro tempo. O Bahia teve as melhores oportunidades, mas a pontaria não estava afiada. Aos 20 minutos, Mugni teve a grande chance de abrir o placar, mas perdeu o pênalti sofrido por Chávez, parando no goleiro Luiz Daniel. No rebote, Biel com o gol aberto isolou. Luiz Daniel também evitou um gol de Kayky, enquanto Everaldo isolou outra boa chance.

O Sampaio Corrêa, que praticamente não atacou no primeiro tempo, ganhou um presentão aos 43 minutos e soube aproveitar. Raul Gustavo recuou para o goleiro Marcos Felipe, que preferiu não dar o chutão e deu uma “assistência” para Vinícius Alves abrir o placar.

No segundo tempo, o Bahia seguiu pressionando, mas sem pontaria. Paiva mexeu no setor ofensivo colocando Jacaré, Daniel e Ricardo Goulart, mas o cenário não se alterou. O Sampaio Corrêa, por sua vez, aproveitou os espaços dados pelo time baiano e quando contra-atacou, chegou com perigo. Aos 33, teve uma chance clara de ampliar o placar, mas Gabriel Silva isolou. Goulart também teve uma oportunidade clara, debaixo da trave e sem goleiro, mas perdeu o tempo da bola. O time maranhense ainda carimbou a trave nos acréscimos.

O Esporte Clube Bahia tem novo compromisso na próxima quarta-feira (25), às 21h30, contra o Jacobinense, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana, pela quarta rodada do Campeonato Baiano. Pela Copa do Nordeste, o Esquadrão volta a jogar no dia 4 de fevereiro, às 20h30, contra o Ferroviário-CE, na Arena Fonte Nova. Antes disso, tem o primeiro clássico Ba-Vi pelo Baianão no dia 29.

Já o Sampaio Corrêa volta a campo na quinta-feira (26), às 20h15, para enfrentar o Moto Club, pela semifinal da primeira fase do Campeonato Maranhense. Pelo Nordestão, a Bolívia Querida tem novo compromisso apenas no dia 4 de fevereiro, contra o Ceará, às 17h30, no Estádio Presidente Vargas.

JOGOS DA 1ª RODADA 

SÁBADO, 21/01
15h30 – Fluminense-PI 0 x 0 CSA
17h30 – Vitória 1 x 1 Santa Cruz
17h30 – Fortaleza 2 x 0 Campinense
19h30 – Sport 2 x 0 ABC

DOMINGO, 22/01
16h00 – CRB 1 x 0 Sergipe
16h00 – Atlético de Alagoinhas 0 x 1 Náutico
18h00 – Ferroviário 3 x 0 Ceará
19h00 – Sampaio Corrêa 1 x 0 Bahia

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário