Suspeito de atropelar pessoas em briga entre organizadas se apresenta à polícia

Outros envolvidos na briga, Felipe Santos e Wallace Lima foram presos novamente no dia 22 de setembro.

Foto: Samara Figueiredo

Suspeito de atropelar três pessoas durante briga entre as torcidas organizadas de Bahia e Vitória, que aconteceu no dia 4 de setembro, no bairro de São Caetano, em Salvador, Vinícius Cerqueira se apresentou à sede da Companhia Independente de Polícia Militar de Pirajá (9ª CIPM) nesta terça-feira, acompanhado dos seus advogados. Ele estava foragido após ter a prisão preventiva decretada. A informação foi divulgada pela Polícia Militar da Bahia (PM-BA).

 

Com o cumprimento do mandado, Vinícius Cerqueira vai passar por exames de lesões corporais e ficará à disposição do Poder Judiciário, além de aguardar transferência para o sistema prisional, segundo informações da Polícia Civil. Outros envolvidos na briga, Felipe Santos e Wallace Lima foram presos novamente no dia 22 de setembro. Eles são investigados por terem agredido torcedores que ficaram feridos e foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE). Ambos respondiam em liberdade após o pedido de prisão preventiva ter sido negado, no início de setembro.

O Ministério Público recorreu da decisão, e o Tribunal de Justiça determinou a prisão preventiva dos dois homens. Na decisão, o juiz substituto de 2º Grau, Antônio Carlos Símaro, considerou que a prisão “se faz necessária para garantir a ordem pública, diante da gravidade e motivação”.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário