Barroca fala sobre contrato curto no Bahia e relacionamento com Freeland

"Conheço alguns jogadores, via de longe e tinha interesse que eles trabalhassem comigo"

Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia / Divulgação

Com passagens por Botafogo, Vitória, Atlético-GO, Coritiba e Avaí, esse último clube onde estava até setembro, quando foi demitido, o técnico Eduardo Barroca assumiu o comando do time do Bahia nessa reta final de Série B. Anunciado no último domingo, um dia após a demissão de Enderson Moreira, o treinador de 40 anos assinou um contrato até o final desta temporada, ou seja, vai comandar a equipe nos últimos seis jogos da Série B, com o objetivo de alcançar o acesso à elite do futebol nacional. Em sua apresentação, ele falou sobre o contrato curto e frisou que só pelo fato de ter a chance de dirigir o Bahia perto do acesso já é um motivo para aceitar a proposta, ainda que seja com um vínculo curto.

 

“Vestir a camisa do Bahia, só para quem tem essa oportunidade, jogar um jogo na Fonte Nova, ter possibilidade de dirigir o Bahia tão próximo de conquistar um objetivo tão importante, só isso seria suficiente. Eu acredito demais no clube, nos jogadores. Conheço alguns jogadores, via de longe e tinha interesse que eles trabalhassem comigo. Fator central do meu trabalho está no jogador de futebol. Vou trabalhar para que eles consigam jogar bem”.

Questionado se existe no contrato uma cláusula de renovação, o treinador foi enfático: “Parte contratual foi bem objetiva. O foco nesse momento é o objetivo a curto prazo. Foi para isso que eu vim e vou trabalhar nesses 35 dias.”

Barroca também comentou sobre a relação com Freeland: “Já tive oportunidade de trabalhar com Eduardo Freeland, fizemos bom trabalho juntos, temos boa relação, assim como João Paulo [gerente de futebol], que recentemente fiz trabalho bem feito no Atlético-GO; o Renêzão [coordenador de futebol], que é uma pessoa muito especial que eu pude me relacionar. O mundo do futebol te proporciona isso. O fato de eu retornar ao Bahia é de muito orgulho para mim. E ter essa oportunidade é muito especial.”

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário