Thaciano revela desejo de um dia voltar ao Bahia: “Ficou faltando jogar com a torcida”

Thaciano acertou com o Bahia em abril do ano passado, por empréstimo do Grêmio.

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

De volta ao Grêmio após passagem pelo Altay, da Turquia, o meia Thaciano relembrou em entrevista a passagem pelo Esporte Clube Bahia no ano passado, quando ficou três meses no clube e foi peça importante na conquista da Copa do Nordeste. O atleta de 27 anos recordou a boa recepção que teve, citou jogadores, e não esconde o desejo de um dia vestir novamente a camisa do Tricolor de Aço e admite que ainda almeja entrar dentro de campo com a torcida do Esquadrão apoiando o time, visto que na época que estava no clube, por conta da pandemia, os jogos estavam sendo sem torcida.

 

“Não tive o privilégio de pegar aquela massa dentro do estádio em função da Covid-19. Mas um dia eu espero retornar e dar alegrias com a casa cheia. Foi muita felicidade para mim ir para o Bahia. Eu queria ir para o clube. Foi uma junção muito boa. Meu pensamento era ajudar a equipe. Fui muito bem abraçado pelo grupo, especialmente por Rossi, Gilberto e Rodriguinho. Eu me senti em casa. Minha adaptação foi muito rápida”, afirmou.

“A única coisa que ficou faltando foi jogar com a torcida. Não tive esse privilégio de pegar aquela massa dentro do estádio, em função da Covid-19, mas um dia espero retornar e dar alegrias com a casa cheia”, concluiu.

Natural de Campina Grande, na Paraíba, Thaciano Mickael da Silva foi revelado pelo Porto de Pernambuco, onde se profissionalizou em 2014, e se transferiu para o Boa Esporte em 2015. Foi emprestado ao Santos no ano seguinte, disputando 16 jogos e marcando 5 gols pelo time sub-23, onde atuou ao lado do volante Gregore. Retornou ao Boa Esporte se destacou na Série B de 2017, marcando 10 gols em 27 jogos. Contratado pelo Grêmio em 2018, Thaciano ficou três temporadas no time gaúcho, entrando em campo 111 vezes e marcando 12 gols.

Foi emprestado ao Bahia no início de 2021 e não demorou muito para se firmar como titular, sendo peça importante na conquista da Copa do Nordeste de 2021. Foram 26 jogos, com 5 gols e 3 assistências, mas acabou saindo antes do fim do contrato após receber uma proposta de empréstimo do Altay, da Turquia. Na ocasião, o Tricolor tinha direito a cobrir a proposta, mas o salário dificultou. Para liberar o meia, o Bahia teve direito a 5% do valor da transferência. No clube turco, ele disputou 31 partidas, marcando 3 gols e dando 1 assistência.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Intermunicipal tem apenas uma seleção com 100% após 4 rodadas

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*