Fábio Mota vai disputar reeleição, e Vitória chega a 7 pré-candidatos

O candidato a vice-presidente será Djalma Abreu, atual diretor de patrimônio do clube.

Responsável pela presidência do Esporte Clube Vitória desde o afastamento de Paulo Carneiro, Fábio Mota mudou de opinião e decidiu que vai concorrer à reeleição no clube. O gestor confirmou nesta quarta-feira a pré-candidatura e terá como vice-presidente na chapa Djalma Abreu, atual diretor de patrimônio do clube. Com Fábio Mota, o Leão já tem sete candidatos. Ele vai disputar com José Guerra, Ricky Daddy Owubokiri, Ângelo Alves, Victor Mendes, Jailson Reis Vitória e Marcus Sarmento.

 

“Vou ser pré-candidato a presidente do clube. Tomamos essa decisão”, disse, em entrevista ao Bahia Notícias.

A eleição do Vitória vai acontecer no dia 10 de setembro. O pleito será para presidentes do clube, do Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal, além das 150 cadeiras ao colegiado rubro-negro. Se o primeiro colocado tiver menos de 50% dos votos, a eleição terá segundo turno. Os sócios com 18 meses consecutivos de associação estão aptos para votar. O Leão está sendo presidido por Fábio Mota, que assumiu após a saída de Paulo Carneiro, deposto por gestão temerária.

Ainda de acordo com o clube, os torcedores ”deverão estar quites com suas obrigações sociais até 30 (trinta) dias corridos antes da data da Assembleia Geral para exercer o direito de voto e até 15 (quinze) dias corridos antes do encerramento do registro de candidaturas para ser votado”.

Deixe seu comentário!