Ex-Bahia, Marcelo Cirino sofre lesão de ligamento e só volta em 2023

Marcelo Cirino saiu de campo chorando durante a vitória sobre o São Paulo e teve oficializada a situação nesta segunda-feira (1°)

Foto: Gustavo Oliveira/Athletico

Marcelo Cirino vive a sua quarta passagem no Athletico Paranaense, onde já fez 17 partidas na atual temporada. O mais recente dos jogos na vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo, no último domingo (31), por 1 a 0, contou com a saída do atacante de campo. Em função da substituição, ele teve diagnosticado, nesta segunda-feira (1°), o rompimento do ligamento.

 

O agravamento da lesão é similar a que ele sofreu durante sua passagem pelo Chongqing Dangdai, da China. A informação foi publicada pela jornalista Nadja Mauad. Cirino é um jogador conhecido no cenário estadual, já que passou pelo Vitória em 2011, além do Bahia nas temporadas 2021 e 2022.

Ao chegar no Esquadrão de Aço, o atacante se recuperou da lesão que sofreu na China. Por essa razão, o atleta de 30 anos só estreou em janeiro deste ano. Pelo Tricolor Baiano, ele anotou dois gols em oito jogos, mas rescindiu contrato com a agremiação, justificando o atentado sofrido pelo ônibus do Bahia, em fevereiro.

Revelado pelo Furacão, Marcelo Cirino tem passagens em clubes como Flamengo, Internacional, além do Al-Nasr, da Arábia Saudita, e Chongqing Dangdai, da China.

Situado na 4ª colocação da elite do Brasileirão, com 34 pontos somados em 60 possíveis, o Rubro-Negro Paranaense retorna a campo na próxima quinta-feira (04), às 21h30, contra o Estudiantes, na Arena da Baixada, pelas quartas de final da Libertadores da América.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*