Zé Carijé desmente informação sobre cargo de gerente de futebol no Atlético-BA

o treinador admitiu que pediu afastamento na 3ª rodada da Série D após sentir dores muito fortes

Foto: ASCOM / AAC

Afastado da função de treinador do Atlético de Alagoinhas nos últimos dias por motivos de saúde, o técnico Zé Carijé vai passar por um procedimento cirúrgico e precisará ficar por alguns meses de recuperação. Após a informação de que não seria mais técnico da equipe na sequência da Série D, foi especulado que ele assumiria a função de gerente de futebol em novembro, quando se reapresentará ao clube. No entanto, Zé Carijé tratou de negar a informação.

 

 

Em entrevista ao programa Radar 660, da Rádio Jornal AM, o treinador admitiu que pediu afastamento na 3ª rodada da Série D após sentir dores muito fortes por conta de um problema na vesícula. Como o Atlético-BA tem chances remotas de classificação, ele aproveitou o momento para pedir a liberação para realizar a cirurgia. No entanto, o profissional nega que vá assumir a gerência de futebol do clube, afirma que nunca houve conversa nesse sentido e que não é o seu desejo.

OUÇA O ÁUDIO

Bicampeão baiano, oAtlético de Alagoinhas está na lanterna do Grupo 4 na Série D do Campeonato Brasileiro, com nove pontos ganhos. Na última segunda-feira (27), sofreu uma sonora goleada por 4 a 1 para o Santa Cruz, na Arena Cajueiro. Agora, a próxima missão é visitar o Jacuipense, na Arena Valfredão, em Riachão do Jacuípe, neste domingo (3), às 16h.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário