Presidente do CRB indica insistência em permanência de ex-atacante do Vitória

Mário Marroquim sinalizou, em entrevista ao site ge.globo, que saída de Anselmo Ramon está condicionada a pagamento de multa no valor de R$ 1,5 milhão

Foto - Francisco Cedrim

Veterano no futebol, o centroavante Anselmo Ramon está com moral elevada no 14° clube da carreira. Com 13 gols marcados e 12 assistências dadas e 31 jogos com a camisa do CRB, o jogador deve permanecer durante todo o restante da temporada na equipe alagoana. É o que pretende o presidente Mário Marroquim.

 

“Quando a gente chega no futebol de uma forma mais profissional, os clubes hoje se protegem com multas. Todos os jogadores do CRB só sairão com pagamento de multa. No caso do Anselmo Ramon, por exemplo, o valor da multa é de R$ 1,5 milhão. Assim como a gente tem que pagar multa para tirar algum jogador de outro clube, também é assim no CRB”, explicou o gestor, em entrevista ao site ge.globo.

Natural de Camaçari (BA), Anselmo Ramon foi revelado na base do Bahia e passou pelo Vitória em 2019. Na oportunidade, ele marcou seis gols e deu três assistências em 32 jogos feitos. Concorrente do Bahia na Série B do Campeonato Brasileiro, o atacante deve entrar em campo no próximo sábado (16), às 16h, contra o Brusque, no Estádio Rei Pelé.

 

Autor(a)

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: pedrohmoraessjorn@gmail.com

Deixe seu comentário