Com proposta do Irã, Jean Carlos garante estar focado no Náutico

Meio-campista do Timbu é o líder de finalizações na Série B de 2022 e projeta interrupção de jejum contra o Bahia

Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Peça principal do Náutico desde 2019, Jean Carlos tem se destacado na atual temporada, assim como nas três últimas. Com sete gols marcados e duas assistências em 34 jogos neste ano, o meio-campista acredita que o momento ruim na Série B do Brasileirão pode ser quebrado sobre um adversário complicado. Em suma, o Bahia venceu todos os jogos oficiais disputados contra o Timbu em Salvador. A equipe pernambucana disputou 21 jogos fora de casa contra o Esquadrão de Aço. Acima de tudo, foi derrotado em 15.

 

“Todo jogo é grande a partir de agora, é final de campeonato. É um jogo difícil contra o Bahia, mas a gente tem total condição de fazer um bom jogo. Vamos procurar o mais rápido voltar a vencer”, avaliou o camisa 10 do Alvirrubro.

Maior finalizador da Segundona, com 65 chutes a gol, Jean Carlos soma somente dois tentos na competição. Apesar do número, ele tem atraído os olhares de clubes do futebol internacional, como foi o caso de um do Irã.

“Se eu falar que não fiquei (mexido), vou estar mentindo. Mexe com qualquer profissional. É um valor financeiro que a gente poderia fazer nossa aposentadoria, mas não deu certo. Então, vida que segue. Estou aqui no Náutico e temos uma grande missão pela frente”, comentou.

Bahia e Náutico medem forças nesta sexta-feira (29), às 19h, na Arena Fonte Nova. O duelo vai acontecer pela 21ª rodada da Segundona.

Autor(a)

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário