CBF define aspecto da venda de direitos de transmissão da Copa do Brasil

Entidade responsável pelo futebol brasileiro conta com concorrência da TV Globo e da SBT

Lucas Figueiredo/CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) permanece com a indefinição de qual emissora irá assumir os direitos de transmissão da Copa do Brasil a partir de 2023. Todavia, a garantia é de que a negociação pelos direitos de TV aberta acontecerá com somente uma emissora. A TV Globo e o SBT disputam propostas para comprar os direitos de TV aberta. Os direitos de comercialização pertencem à Klefer Sports. A empresa pertence ao ex-presidente do Flamengo, Kleber Leite.

 

“Hoje, na CBF, não tem ninguém diretamente tratando da Copa do Brasil, venda dos seus direitos a partir do ano que vem, o que existia enquanto Eduardo Zebini esteve lá. Quem está cuidando disso é o marketing, que leva o assunto para um colegiado. Ninguém propriamente do ramo”, apontou o jornalista Flávio Ricco, em sua coluna no R7.

A entidade máxima do futebol nacional também decretou o preço para a negociação em torno da competição nacional. No geral, cerca de R$ 700 milhões por temporada. Já no âmbito da TV aberta, o valor alcançara aproximadamente R$ 500 mi.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*