Guto comenta vaias da torcida para Marco Antônio e analisa estreia de Warley

"A gente tem que está olhando que o Marco Antônio é um dos jogadores mais experientes"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Em entrevista após o triunfo do Esporte Clube Bahia sobre a Ponte Preta, pelo placar de 2 a 1, na Arena Fonte Nova, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Guto Ferreira também comentou sobre as vaias da torcida para o meia-atacante Marco Antônio, que ainda não conseguiu mostrar o futebol que apresentou no ano passado no Botafogo. O treinador saiu em defesa do jogador, afirmou que esse tipo de crítica leva a destruição do atleta e pediu apoio para que ele consiga oferecer mais que a expectativa.

 

“A torcida do Bahia, assim como ela é incrível na motivação para empurrar a equipe. Tem uma ala que não se contenta com as coisas positivas que acontecem e arrumam coisas negativas. Nós vamos ser campeão brasileiro e o Bahia de 88 se tivesse esse tipo de torcedor também estaria sendo criticado. Marco Antônio teve muita coisa boa. Teve algumas coisas que não fluiu, mas em outros jogos o Marco Antônio foi decisivo. A gente tem que está olhando que o Marco Antônio é um dos jogadores mais experientes e em melhor momento. Nós precisamos de todo mundo, não precisa encher a bola de ninguém, mas precisa receber apoio. É com apoio que eles vão oferecer mais que as expectativas das pessoas. Esse tipo de crítica não leva a nada, leva a destruição do jogador, do grupo, leva mais a derrota do que ao triunfo.”

Guto também analisou a estreia do meia Warley. “Warley ficou três meses sem jogar, era normal cair de produção. Falei com ele para dar tudo em 45 minutos, já era uma substituição certa. Eu optei por fechar a equipe, só que não conseguimos ser efetivos.”

 

Deixe seu comentário!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Ex-Bahia é expulso, Cruzeiro vence o Sampaio e volta à liderança da Série B
  2. Bahia abre margem no G4 após 8ª rodada; Veja classificação da Série B

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*