Bahia x Ponte Preta: Árbitro relata invasão de torcedores na súmula

De acordo com o Bahia, os torcedores foram identificados e conduzidos à delegacia.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após o apita final no jogo Bahia 2 x 1 Ponte Preta, torcedores invadiram o campo da Arena Fonte Nova para pegar as camisas dos jogadores, mas foram rapidamente contidos pelo policiamento. Em súmula, o árbitro Denis da Silva Ribeiro Serafim registrou a invasão no jogo, realizado na última sexta-feira. Em nota publicada no último sábado, o Bahia afirmou que os torcedores foram identificados e conduzidos à delegacia. O clube ainda tomou de volta as camisas que haviam sido levadas. Dois dos invasores foram identificados como sócios do clube.

 

“Informo que após o término da partida, alguns torcedores (não identificando a quantidade) da equipe mandante, Esporte Clube Bahia, invadiram o campo de jogo e foram em direção da equipe supracitada. Os mesmos foram contidos pelo policiamento do time baiano e conseguiram pegar camisas de recordação.”

Veja comunicado divulgado pelo Bahia:

O Esporte Clube Bahia vem a público repudiar de maneira veemente a invasão a campo de torcedores ao final do jogo desta sexta-feira (20), contra a Ponte Preta, e informar as providências tomadas pela diretoria tricolor ainda na Fonte Nova.

Todas as pessoas envolvidas foram prontamente contidas pelo efetivo policial presente ao estádio e levadas à delegacia da praça esportiva, onde se lavrou o boletim de ocorrência.

Dois dos invasores foram identificados como sócios do clube e a direção encaminhará expediente à Comissão de Ética do Conselho Deliberativo para análise do caso e punições cabíveis.

Por fim, conforme já alertado diversas vezes, embora fato isolado que não representa a postura habitual da nossa torcida, reiteramos que atitudes lamentáveis como essas podem resultar em processo disciplinar perante a Justiça Desportiva com possibilidade da aplicação de duras penalidades contra o Esquadrão.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*