Agora é definitivo: Paulo Carneiro é destituído da presidência do Vitória

Ao todo, cerca de 150 sócios-torcedores participaram da Assembleia Geral Extraordinária

Como esperado, o presidente Paulo Carneiro foi destituído da presidência do Esporte Clube Vitória. Na manhã sábado (21), os sócios-torcedores do clube compareceram ao Barradão para votar na Assembleia Geral Extraordinária e decidiram pelo afastamento em definitivo do mandatário, acusado de gestão temerária. Ao todo, cerca de 150 sócios participaram da AGE, com apenas uma abstenção de voto.

 

Paulo Carneiro segue como sócio vitalício do Esporte Clube Vitória, mas não poderá concorrer a qualquer cargo eletivo dentro do clube pelos próximos sete anos. Presidente interino do clube desde o afastamento de PC, Fábio Mota ficará no comando da agremiação até dezembro deste ano, quando se iniciará uma nova gestão após eleição que será realizada ainda esse ano.

Paulo Carneiro foi acusado de diversas irregularidades, como adiantamento de remunerações durante a pandemia, ausência de um contrato entre o clube e empresa Magnum, que recebeu R$ 3,5 milhões do Vitória, bem como falta de transparência na aquisição do atacante Jordy Caicedo, gastos pessoais no cartão corporativo da agremiação, entre outras coisas. Ele estava afastado desde setembro da presidência.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. ABSURDO!!! O cara levou o clube nas costas …claro que nem tudo é flores mais ele foi o melhor de todos esses presidentes de condomínio que se foram e destruíram o clube fato! Paulão provocava o jahia de vc dos sapateiro kkkk na vdd depois que Mancini pediu pra Bruno tomar o segundo amarelo tudo foi ladeira a baixo. Volta Paulo Carneiro.

1 Trackback / Pingback

  1. Vitória define data de reunião para votação de um novo estatuto

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*