Dionísio e Miller são elogiados por Geninho, mas desfalcam o Vitória na Copa do Brasil

Os dois não poderão estar presentes no próximo jogo do Leão, contra o Fortaleza

Foto: Pietro Carpi / EC Vitória

No último sábado, o Esporte Clube Vitória mesmo jogando quase todo o jogo com um jogador a mais, vacilou e acabou derrotado pelo Floresta-CE por 1 a 0 no Estádio Manoel Barradas, resultado esse que manteve o Leão zerado na competição e dentro da zona de rebaixamento. Apesar do revés, dois jogadores foram elogiados pelo técnico Geninho. Os estreantes Dionísio e Miller, recém-contratados junto ao Atlético de Alagoinhas. O primeiro começou como titular, enquanto o segundo entrou no intervalo, na vaga de Eduardo. O treinador afirmou que ambos estão na briga pela titularidade.

 

“Pelo que demonstraram hoje, se candidatam a brigar por titularidade. Você tem que se basear somente em produção. E eles produziram bem. O Dionísio jogando um jogo todo, em um time que praticamente não conhecia. É claro que a tendência desses jogadores é crescerem de produção, a partir do momento que se encaixarem no grupo. Mas eles foram muito bem. Corresponderam àquilo que esperávamos deles”, afirmou o comandante, em entrevista coletiva após o confronto. 

O próximo compromisso do Esporte Clube Vitória é na quarta-feira (20), às 19h, contra o Fortaleza, na Arena Castelão, pelo confronto de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Para essa competição, Dionísio e Miller são desfalques, por já terem atuado pelo Atlético-BA.

“Ruim que eles não possam jogar na próxima quarta-feira. Infelizmente Dionísio e Miller, que ganhariam a oportunidade de começar o jogo, não vão jogar. Passam a ter uma chance de jogar em Erechim [contra o Ypiranga, pela terceira rodada da Série C]. Mas vão perder esse hiato. Isso é ruim para eles. Ruim para o grupo. Mas claro que têm chance de ganhar a titularidade”, lamentou Geninho. 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*