Zé Rafael marca, Palmeiras vence o Athletico e é campeão da Recopa

Zé Rafael marcou um golaço de falta no segundo tempo da final

Após bater na trave na edição passada, perdendo nos pênaltis para o Defensa y Justicia, da Argentina, o Palmeiras não vacilou esse ano e conquistou pela primeira vez a Recopa Sul-Americana ao derrotar o Athletico-PR pelo placar de 2 a 0 no Allianz Parque, em São Paulo, após empatar em 2 a 2 na Arena da Baixada. O primeiro gol foi marcado pelo meia Zé Rafael, ex-Bahia, com uma linda cobrança de falta aos 4 minutos do 2º tempo, enquanto o volante baiano Danilo anotou o segundo no fim do jogo. Esse foi o quarto título do português Abel Ferreira no Verdão. Antes, conquistou uma Copa do Brasil (2020) e duas Libertadores (2020 e 2021).

 

A Recopa Sul-Americana é organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Sua primeira edição ocorreu em 1989 e foi disputada até 1998, voltando à ativa desde 2003. Já teve dois formatos de disputa, a competição já foi realizada no sistema de “jogo único” – em que foram disputadas fora do continente sul-americano; e sendo atualmente realizada no sistema de “ida e volta”.

Originalmente era disputada entre o campeão da Copa Libertadores da América e o campeão da Supercopa dos Campeões da Libertadores devido ao fato de serem os dois torneios mais antigos da América do Sul, mas com o término da segunda, só voltou a ser realizada em 2003 quando passou a ser disputada entre o campeão da Libertadores e o campeão da Copa Sul-Americana.

O maior campeão da Recopa Sul-Americana é o Boca Juniors, com quatro títulos (1990, 2005, 2006 e 2008). Essa é o 11º título de um time brasileiro. São Paulo e Internacional já foram campeões duas vezes, enquanto Grêmio, Santos, Corinthians, Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras conquistaram uma vez o torneio.

VEJA O GOLAÇO DE ZÉ RAFAEL

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário