Ex-Bahia, volante é apresentado no Santos e fala como pretende conquistar a torcida

Willian Maranhão acredita que a confiança da torcida santista será adquirida com a raça durante os jogos na temporada 2022

Foto: Ivan Storti / Santos

O Santos apresentou, na última quarta-feira (30), o volante Willian Maranhão, no CT Rei Pelé. O novo reforço do Peixe vai vestir a camisa 5 durante a temporada 2022, ano em que, em pouco mais de dois meses, já esteve por outro clube, o Bahia. De modo a conquistar a confiança da torcida do Alvinegro Paulista, o meia precisará, além de mostrar personalidade dentro de campo, com segurança no setor intermediário no gramado, driblar as críticas recebidas nas redes sociais, antes mesmo de sua estreia.

 

“A única forma de eu trazer toda a torcida santista para mim é me dedicando ao máximo dentro de campo, é dar a vida, dar muita raça, vencer os jogos, vencer minhas disputas. Com isso, eu com certeza trago a torcida para o meu lado”, comentou Maranhão.

Conhecido por características como intensidade na marcação, o volante, de 26 anos, já revelou os primeiros pedidos do técnico Fabián Bustos.

“A minha posição pede bastante isso, intensidade, marcação. Durante esses anos, o que tenho feito de melhor no Campeonato Brasileiro é isso. Serei um Willian Maranhão bastante intenso, marcador, que vai ajudar bastante o Santos”, disse Maranhão.

“O professor me pediu bastante intensidade, posicionamento de primeiro volante bem próximo dos zagueiros. Pediu bastante marcação no meio para não dar muito espaço. É um cara que busca bastante essa questão da intensidade, de competir bastante”, completou acerca da metodologia de trabalho do comandante argentino.

Aprovado pela comissão técnica santista e pelo setor de inteligência do clube, Willian Maranhão considera o Peixe como uma agremiação capaz de despontar na Copa Sul-Americana 2022.

“O professor vem pedindo muito para a gente, vem cobrando bastante intensidade, uma equipe forte fisicamente, marcação alta o tempo todo. Pode ter certeza de que é uma equipe forte para a Sul-Americana, sabendo o que queremos. Esse período foi importante para chegarmos à parte física ideal, ou próxima disso, para chegarmos bem ao Brasileiro”, analisou.

Natural de São Luís (MA), Willian Maranhão foi revelado pelo Boavista-RJ. Após quatro anos no time profissional do clube carioca, já atuou por Santa Cruz, Vasco, América Mineiro e Atlético Goianiense. Pelo Esquadrão de Aço ele fez nove jogos neste ano e não marcou gols.

Deixe seu comentário!

PUBLICIDADE

1 Trackback / Pingback

  1. Meia do Bahia passa por exame cardiológico após sofrer uma arritmia

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*