Atacante do Atlético-BA celebra vaga na final e projeta decisão “muito difícil”

"Agora é descansar, focar, porque essa final vai ser muito difícil", disse.

Foto: Johny Pinho

O Atlético de Alagoinhas venceu novamente o Bahia de Feira por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, agora no Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas. O único gol foi marcado pelo atacante Thiaguinho, que também foi o autor do tento da partida de ida. Com a vitória agregada de 2 a 0, o Carcará avança à final do Campeonato Baiano pelo terceiro ano seguido e vai em busca do bicampeonato estadual. O atacante Miller, um dos destaques da equipe, comemorou a classificação e projetou a final.

 

“No começo oscilamos bastante, mas é normal, eram muitas competições. Mas é isso, é a força do grupo. É um grupo forte. Agradeço a torcida por ter vindo e ter lotado o Carneirão. Agora é descansar, focar, porque essa final vai ser muito difícil”, afirmou em entrevista à TVE Bahia.

Em 2020, o Atlético perdeu o título para o Esporte Clube Bahia. Em 2021, a equipe de Alagoinhas foi campeã justamente diante do Tremendão, e agora despacha o time feirense na semifinal. Na final, o Carcará vai enfrentar o Jacuipense, que venceu o Barcelona de Ilhéus por 1 a 0 e avançou à final do Estadual.

Além do Baianão, Bahia de Feira e Atlético de Alagoinhas terão pela frente a disputa da Série D do Brasileiro em 2022. O Tremendão está no Grupo 6, ao lado de Caldense, Ferroviária, Inter de Limeira, Nova Venécia, Pouso Alegre, Real Noroeste e URT. A estreia do time feirense será contra o Nova Venécia, no dia 17 de abril, fora de casa.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário