Volante do Bahia faz um ano de profissional e diz ter expectativa alta para 2022

Volante atuou na derrota para o Fortaleza por 3 a 1, no último sábado (19), e completou 68 jogos na carreira

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Há pouco menos de um ano, no dia 24 de fevereiro de 2021, o Esporte Clube Bahia anunciava a venda do volante Gregore para o Inter Miami, dos Estados Unidos. Na ocasião, Patrick de Lucca pintou como um possível substituto para o destaque do meio de campo tricolor. Desde lá, o jovem meia, de 21 anos, soma 65 jogos no time profissional, com três gols marcados, mesmo número de assistências dadas.

 

Neste mesmo mês, Patrick chega ao feito de um ano com a conquista de se tornar jogador do futebol profissional. Durante esse período, ele galgou espaço na equipe vencedora da Copa do Nordeste de 2021, onde levou a disputa de atleta revelação do torneio regional. Detentor de uma personalidade, a estreia dele aconteceu no empate em 1 a 1 diante do poderoso Atlético-MG, no dia 13 de fevereiro, fora de casa, no Mineirão.

“Tudo passou muito rápido. Ano passado fiz minha estreia como profissional e muita coisa mudou desde então. Evoluí como atleta e pessoa, pude me desenvolver bem aqui no Bahia, conquistamos a Copa do Nordeste. Estou com uma expectativa muito alta para 2022”, avaliou o volante.

Já em 2022, Patrick de Lucca entrou em campo oito vezes, onde em seis atuou como titular. Outra marca importante dele nas quatro linhas foi a braçadeira de capitão nas últimas três partidas: Globo-RN, CSA e Fortaleza.

O próximo embate do Bahia acontece na próxima quinta-feira (24). Na ocasião, o Esquadrão de Aço recebe o Sampaio Corrêa, às 21h30, na Arena Fonte Nova. A partida está marcada para acontecer pela 1ª rodada da Copa do Nordeste.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*