Vasco confirma acordo de R$ 700 milhões para venda de 70% da SAF

A 777 também tem participações sobre uma empresa que atua no futebol brasileiro, a 1190 Sports

Josh Wander (sócio do 777), Jorge Salgado e Jorge Arciniegas (diretor de esportes do 777) posam com camisas do clube — Foto: Divulgação

Adversário do Esporte Clube Bahia no Brasileiro da Série B 2022, o Vasco da Gama confirmou nesta segunda-feira o acordo com a 777 Partners para a venda de 70% da SAF. O clube vai receber R$ 70 milhões, caso o empréstimo seja aprovado no Conselho Deliberativo, o que pode acontecer ainda nesta semana. O contrato, no entanto, prevê uma injeção de receitas muito maiores. O grupo americano terá de investir R$ 700 milhões nos próximos três anos.

 

Segundo informação do “Ge”. além dos R$ 70 milhões iniciais, 777 Partners tem o compromisso de injetar R$ 120 milhões logo após a aprovação dos sócios em Assembleia Geral, que ainda não tem data para acontecer. Com isso, em 2022, o montante total previsto para o futebol do Vasco é de R$ 190 milhões.

Caso aprovado,  777 Partners tem uma semana para depositar R$ 70 milhões na conta do Vasco. Informalmente, no entanto, as partes combinaram que a transferência será feita no dia seguinte à aprovação. Caso a SAF não seja aprovada no Vasco, o clube terá de devolver o dinheiro, de forma parcelada, com juros, como um empréstimo normal.

A 777 Partners foi fundada em 2015. Com sede em Miami, nos Estados Unidos, a companhia investe em diferentes ramos: aviação, serviços financeiros, seguros, mídia e entretenimento. No futebol, a empresa comprou integralmente o Genoa, da Itália, e adquiriu participação minoritária no Sevilla, da Espanha. Também há interesse em comprar outras equipes, na Europa e fora dela.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Destaque do Atlético-BA, volante entra no radar do Vitória para Série C

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*