Tímido no mercado, Bahia segue em busca de um diretor de futebol

Após o rebaixamento no dia 10 de dezembro de 2021, a diretoria tricolor demitiu o gerente de futebol Júnior Chávare e o executivo Lucas Drubscky

O rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro 2022 intensificou as problemáticas do Bahia desde o ano passado e, consequentemente, uma série de questionamentos interna e externamente. Já na nova temporada, entre Copa do Nordeste e Campeonato Baiano, os resultados têm favorecido a cobrança sobre o alinhamento das contratações.

 

Ainda no ano passado, a diretoria do Esquadrão de Aço optou pelas demissões do gerente de futebol Júnior Chávare e do executivo Lucas Drubscky. A decisão aconteceu momentos depois da confirmação do rebaixamento, no dia 10 de dezembro de 2021. Para o setor do clube, João Paulo Sanches chegou para assumir a gerência.

Desde então, passaram pouco menos de três meses e a função segue sem recomposição. No último dia 28 de janeiro, o presidente Guilherme Bellintani apontou a procura por um profissional, em reunião do Conselho Deliberativo.

“Sim, pretendemos trazer e isso está atualizado no último organograma. Seguimos com esse entendimento de que precisamos complementar esse trabalho. Estamos escutando várias pessoas com toda a cautela necessária para não cometer erros como em outros momentos”, frisou.

De olho no mercado, o Bahia divulgou em seu site oficial um organograma da temporada, cujo qual possui a presença da função de diretor do departamento específico.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. Bota fotografia desse cara nas reportagem não, da azar, tem a síndrome vermelha, onde ele aparece a coisa perde valor e só vai caindo até aparecer um SAFado e notar no bolso…

  2. CONCORDO COM MARCIO MARTINS … O BAAEEAA É UM TITANIC …. SEM COMANDO E QUE UNICA META É VENDER O FAZENDÃO E DEPOIS VENDER O CLUBE… GESTÃO DESTRUTIVA ….

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Chagas destaca 'segredo do trabalho' para o sucesso do Jacuipense no Baianão
  2. Após saída de Gilberto, Rodallega assume protagonismo no Bahia

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*