De olho no Bahia, volante do Atlético-BA mira retomada das vitórias no Nordestão

Com derrota, Carcará perdeu uma casa na tabela geral de classificação

Foto: Benonias Cardoso/Estadão Conteúdo

O aproveitamento de 100% das duas primeiras partidas oficiais da temporada 2022 do Atlético de Alagoinhas tem caído por terra. Nos três últimos jogos – dois pelo Campeonato Baiano e um pela Copa do Nordeste – o Carcará somou um empate e duas derrotas. A última delas aconteceu no último domingo (30) diante do Bahia de Feira, por 1 a 0. De acordo com o meio-campista Dionísio, o placar não é consequência de desculpa de calendário, mas sim de efetivação nas finalizações.

 

“Não podemos ficar colocando desculpa em nada. Quinta-feira fizemos um jogo muito abaixo, [domingo] já fomos bem melhores. Acho que se a gente saísse com um empate ou com uma vitória seria muito bem servido, porque a maioria da posse de bola e chances de gols foram com a gente”, garantiu, em entrevista à TVE Bahia.

Com o revés para o Tremendão, o Carcará perdeu a liderança, caiu uma casa e passou a figurar na 3ª colocação, com seis pontos somados. Apesar disso, a chave da equipe de Alagoinhas volta a virar para o Nordestão. Com o jogo contra o CRB adiado, o Atlético-BA foca no Bahia, em partida marcada para sábado, às 17h45, no Estádio Antônio Carneiro, pela 3ª rodada da Copa do Nordeste. Na visão de Dionísio, a retomada dos resultados positivos depende apenas do trabalho focado do grupo

“Agora é levantar a cabeça, temos um desafio muito importante pela Copa do Nordeste. Agora é trabalhar para que as coisas voltem a acontecer novamente”, afirmou.

Já pelo Baianão, o Carcará volta a campo no dia 9 de fevereiro (quarta-feira), às 21h30, diante do UNIRB, dentro de casa.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia estreia na Série B 2022 contra o Cruzeiro; Veja a tabela do Tricolor

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*