Goleiro do Bahia vê empate no Ba-Vi com gosto amargo: “Serve de lição”

Para o arqueiro do Bahia, o resultado de empate será recebido de forma amarga pelo grupo.

Foto: Divulgação/Bahia

Em entrevista para TVE após o empate no Ba-Vi em 1 a 1 no Estádio Manoel Barradas, o goleiro Danilo Fernandes avaliou a atuação do Esporte Clube Bahia no jogo. O camisa 1 frisou que o Tricolor não aproveitou as chances criadas no primeiro tempo, exemplo do gol perdido pelo meia-atacante Marco Antônio, sem goleiro e debaixo da trave.

 

“Nosso objetivo era vencer o jogo. Nós sabíamos que não seria fácil, que era um adversário difícil, e sempre com a intenção de ganhar. Fizemos um primeiro tempo mais tranquilo, com maior domínio, só que perdemos chances. Talvez, se a gente faz aqueles gols, a história poderia ser outra”.

O arqueiro destacou que o Ba-Vi serve de aprendizado e vê o empate com gosto amargo. “Independente o jogo, do local, é um clássico. Serve de lição e aprendizado para nós. Buscamos o empate, criamos chances, mas acredito que vamos para casa com um gosto amargo”.

O Esporte Clube Vitória volta a campo no próximo domingo (13/02), às 16h, para enfrentar o Vitória da Conquista, no Estádio Lomanto Júnior, na cidade de Vitória da Conquista. O jogo é válido pela 5ª rodada do Campeonato Baiano. Já o Esporte Clube Bahia tem compromisso no próximo sábado (05/02), às 17h45, diante do Atlético de Alagoinhas, no Estádio Antônio Carneiro, em jogo válido pela 3ª rodada da Copa do Nordeste.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário