Guto aponta limitação no Bahia em função das ausências por Covid-19

Ao todo, 11 atletas estão infectados no time tricolor

A um dia do início do Campeonato Baiano 2022, o Bahia luta contra o surto dos casos da Covid-19 no elenco que vai disputar as primeiras rodadas da competição. A princípio, na última quinta-feira (13), o Esquadrão de Aço anunciou a infecção de 11 jogadores, isto é, quantidade correspondente a um time completo de desfalques para enfrentar o Bahia de Feira, neste sábado (15), às 16h, na Arena Cajueiro.

 

Ciente da situação incomum do plantel tricolor, o técnico Guto Ferreira destacou que possui somente uma equipe apta para atuar.

“No aspecto tático, você deixa de trabalhar a equipe como um todo. Às vezes, ficamos impossibilitados de fazer trabalhos de ajuste, conjunto, de campo aberto, no qual os atletas preparam musculatura. Os trabalhos viáveis são de campo reduzido. Nesse momento, estamos trabalhando com 12 jogadores em condições de ir para o jogo sábado e mais alguns que voltaram agora das férias. Isso fica muito difícil porque eles não fazem o mesmo trabalho. Se for para o mesmo, correm o risco de lesão”, avaliou, em entrevista à TV Bahia.

Para encarar o Tremendão, o Tricolor Baiano não vai contar com os seguintes jogadores: os laterais Jonathan e Luiz Henrique, os zagueiros Felipe Torres, Gustavo Henrique e Ignácio, os volantes Jeferson Douglas, Luizão e William Maranhão, e os atacantes Marcelo Cirino, Ronaldo e Oscar Ruíz. Apesar do número de atletas indisponíveis, o clube reforçou, na última quarta-feira (12), que o esquema vacinal de duas doses estão completos nos jogadores.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*