Fortaleza vence o Juventude, faz história na Série A e ajuda o Bahia

Fortaleza venceu o Juventude pelo placar de 1 a 0, na Arena Castelão, com gol do atacante Depietri

Dois dos quatro jogos realizados nesta sexta-feira interessavam ao Bahia. O Athletico-PR venceu o Cuiabá, pelo placar de 1 a 0, na Arena da Baixada, com gol marcado pelo atacante Pedro Rocha. Com a vitória, o Furacão chegou aos 45 pontos, na 12ª colocação, abrindo cinco de diferença para o Bahia (primeiro dentro do Z4) e praticamente garante a permanência na elite. Já o Cuiabá, com a derrota, permanece na boca da zona de rebaixamento, ocupando o 16º lugar, com 43 pontos, três de distância para o Bahia, que na quinta-feira foi derrotado pelo Atlético-MG, por 3 a 2, de virada, na Arena Fonte Nova, e perdeu uma chance oportunidade de abandonar a zona de rebaixamento.

 

Na próxima rodada, o Cuiabá enfrenta o Fortaleza, segunda-feira (06), às 20h, na Arena Pantanal. Já o Athletico-PR tem pela frente o Palmeiras, segunda-feira (06), às 19h, na Arena da Baixada.

No outro jogo da noite de interesse do Bahia, o Fortaleza venceu o Juventude pelo placar de 1 a 0, na Arena Castelão, com gol do atacante Depietri, aos 36 minutos do segundo tempo. Com o triunfo, o Leão do Pici chega aos 55 pontos na 5ª colocação e faz história na Série A, garantindo aos menos presença na Pré-Libertadores de 2022 e no próximo domingo pode confirmar vaga direta para fase de grupos. Será a primeira vez na história que o time cearense disputará a Libertadores. O resultado foi bom para o Bahia, já que o Juventude segue com 43 pontos, em 15º.

Agora o Juventude enfrenta o São Paulo, na segunda-feira (06), às 19h, no Morumbi, e na última rodada recebe o Corinthians no Alfredo Jaconi. Já o Fortaleza tem pela frente o Cuiabá, segunda, às 20h, na Arena Pantanal, e na última rodada encara o Bahia, na Arena Castelão.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. Isso que é um time bem administrado. Da série C para Libertadores das América. Todos em sequência. Do Ceará para o mundo.
    Vale destacar que sempre teve orçamento menor que o Bahia. Bem que Guilherme Bellitani, Presidente do Bahia, deveria fazer um estágio lá no Fortaleza com o Presidente do clube.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*