Guto revela cobrança a Nino e espera atuação melhor contra o Atlético-MG

"Melhorar. Quinta vocês vão saber o que a gente vai apresentar", disse.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Esporte Clube Bahia foi derrotado pelo Atlético-GO na noite desta segunda-feira (29), pelo placar de 2 a 1, no Estádio Antônio Accioly, pela 35ª rodada do Brasileirão. Marlon Freitas e Janderson fizeram os gols do time goiano, enquanto o colombiano Rodallega anotou o tento tricolor. Quando o jogo estava 1 a 1, o Tricolor teve uma chance de virar em contra-ataque rápido com cinco tricolores contra dois rubro-negros, porém, o lateral-direito Nino Paraíba tentou fazer tudo sozinho ao invés de dar o passe e acabou perdendo a bola.

 

Após o jogo, o técnico Guto Ferreira afirmou que Nino Paraíba foi cobrado pela jogada. “Quando ele foi cobrado, disse que abaixou a cabeça na corrida e acabou não vendo os companheiros. Mas esse não é o momento de transferir responsabilidade. A gente sabe onde errou. É olhar para frente e procurar fazer melhor na próxima”, avaliou.

O Esquadrão volta a campo na próxima quinta-feira (02), para enfrentar o líder Atlético-MG, às 18h, na Arena Fonte Nova, em jogo atrasado da 32ª rodada do Brasileirão. Guto espera uma atuação melhor do Bahia. “Melhorar. Quinta vocês vão saber o que a gente vai apresentar. Mas temos que melhorar.”, disse. 

Com o revés, o Bahia segue na 16ª colocação, com 40 pontos, empatado com o Juventude, que é o 17º colocado e joga nesta terça, contra o Bragantino. Se vencer ou até mesmo empatar, o time gaúcho jogará o Tricolor na zona de rebaixamento. Já o Atlético-GO encerra a sequência de sete jogos sem vencer, chega aos 44 pontos, abre 4 para o Bahia, subindo para 12º e dando passo importante para permanecer na Série A.

 

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Se for campeão hoje, Atlético-MG enfrentará o Bahia com time reserva

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*