Guto Ferreira cobra quase R$ 1 milhão do Sport-PE na Justiça

Guto Ferreira teve uma boa passagem pelo Sport, onde foi campeão pernambucano

Foto: Divugação/Ceará Sporting Club

Na sua terceira passagem pelo Esporte Clube Bahia, tentando livrar o Esquadrão do rebaixamento à Série B, o técnico Guto Ferreira entrou com uma ação contra o Sport-PE na Justiça do Trabalho cobrando R$ 975.869,19, referente a atraso nos pagamentos de premiações, multa e verbas rescisórias fruto da passagem do treinador pelo clube pernambucano entre 2019 e 2020. A informação foi divulgada na última quarta, antes da partida entre Sport e Bahia pelo Brasileirão.

 

Guto Ferreira teve uma boa passagem pelo Sport, onde foi campeão pernambucano e levou o time de volta à Série A, em 2019. Foi demitido em 2020 após o time ser eliminado na primeira fase da Copa do Brasil pelo Brusque. Ao todo, o treinador dirigiu a equipe em 54 jogos, obtendo 25 vitórias, 23 empates e seis derrotas. Após a saída do Sport, ele trabalhou no Ceará, onde conquistou a C0pa do Nordeste do ano passado e desde outubro está à frente do Bahia.

Em entrevista à Radio Clube de Pernambuco, o representante leonino informou que o clube já foi devidamente notificado da cobrança. “Nós recebemos essa semana uma reclamação trabalhista que dá quase R$ 1 milhão. Estamos analisando. Estamos juntando a documentação, pedimos ao pessoal do departamento pessoal pra levantar o que foi pago e o que não foi, contrato, prêmio, tudo isso para ver o que está em aberto. Tem alguma coisa em aberto, o pessoal já disse que quando ele saiu, ficou uma parte em aberto, mas não souberam precisar quanto era”, disse. 

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário