Bahia perde Gilberto, mas terá dois retornos diante do Cuiabá

O centroavante vai cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo

Foto - Felipe Oliveira/EC Bahia

Após perder para o Sport por 1 a 0 na noite desta quinta-feira, na Arena de Pernambuco, pelo encerramento da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, com gol marcado por Paulinho Moccelin, o Esporte Clube Bahia não tem tempo para lamentações e já volta a campo no próximo domingo (21), quando enfrenta outro concorrente direto na luta contra o rebaixamento, o Cuiabá, às 19h, na Arena Fonte Nova, pela 34ª rodada.

 

Para o jogo, o técnico Guto Ferreira não terá o atacante Gilberto, que recebeu o terceiro cartão amarelo e vai cumprir suspensão automática. O camisa 9, artilheiro do time na temporada e vice-artilheiro do Brasileirão, foi advertido aos três minutos do segundo tempo na partida contra o Sport, após fazer uma falta dura em Marcão. O substituto de Gilberto deve ser o colombiano Rodallega.

Por outro lado, Guto conta com os retornos do lateral-esquerdo Matheus Bahia e do atacante Rossi. Ambos não enfrentaram o Sport porque cumpriram suspensão após terem sido expulsos na partida contra o Flamengo.

Com o revés para o Sport, Bahia permanece dentro da zona de rebaixamento, na 17ª colocação, com 36 pontos, três pontos abaixo de Juventude (15º) e Atlético-GO (16º), primeiros fora do Z4. Já o Sport chega aos 33 pontos na 18ª posição.

 

Deixe seu comentário!

PUBLICIDADE

3 Comentário

  1. A maioria dos jogos em que Gilberto fica de fora por força o terceiro cartão são jogos decisivos e sempre quando vai jogar esses jogos decisivos em casa muita conhecidencia ou proposital

  2. Gilberto tem jogado muito fora da aérea e vêm caindo muito sua média de gols. Toma mais cartão do que certos zagueiros. Certamente estes cartões são provocados Estrategicamente.
    Acho que Bellitani deveria aumentar mais ainda o salário de Gilberto, não renovar o seu contrato. Faria um investimento igual em um outro jogador artilheiro, porém mais jovem.
    Ninguém neste mundo é insubstituível.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*