Lisca revela ter recusado propostas de Bahia, Sport e Náutico

"Neste ano não (quero ser 'bombeiro')", disse o treinador.

Desempregado desde agosto, quando deixou o comando do Vasco da Gama após 12 jogos (sendo quatro vitórias, um empate e sete derrotas, 36% de aproveitamento), o técnico Lisca só deve voltar a beira do campo no próximo ano. Em 2020, o treinador fez um grande trabalho no América-MG. Em entrevista ao podcast ‘O Bairrista’, o treinador revelou que recusou propostas de três clubes após conquistar o acesso à Série A com o Coelho na temporada passada.

 

“Neste ano não (quero ser ‘bombeiro’). Em 2019, 2020 e 2021 não vou trabalhar com isso. Foi uma definição minha de plano de carreira. Recebi outros convites também em 2019 e 2020… Depois que eu subi o América, recebi três convites. Dois atrelados à situação de rebaixamento, Bahia e Sport, e, na B, o Náutico”.

Em 2020, o Bahia conseguiu evitar o rebaixamento após a troca no comando técnico. Mano Menezes foi demitido e Dado Cavalcanti assumiu. Esse ano, mais uma vez o Tricolor (em 15º com 32 pontos) luta contra o descenso, mesma situação do Sport que também escapou na edição passada e em 2021 figura dentro do Z4, como 18º com 27 pontos. Na Série B, o Náutico chegou até a ocupar a liderança, mas hoje é somente o 9º colocado, com 45 pontos.

 

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. Ainda bem que não aceitou técnico doido tem de ficar no eixo sul sudeste mesmo fica aí mesmo seu maluco, se force bom não estaria desempregado só serve pra treinar time pequeno mesmo Bahêa Sport são times grandes vai treinar o time de cana brava da cidade de galinhas fujonas que é pequeno igual a vc

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*