Lisca revela ter recusado propostas de Bahia, Sport e Náutico

"Neste ano não (quero ser 'bombeiro')", disse o treinador.

Desempregado desde agosto, quando deixou o comando do Vasco da Gama após 12 jogos (sendo quatro vitórias, um empate e sete derrotas, 36% de aproveitamento), o técnico Lisca só deve voltar a beira do campo no próximo ano. Em 2020, o treinador fez um grande trabalho no América-MG. Em entrevista ao podcast ‘O Bairrista’, o treinador revelou que recusou propostas de três clubes após conquistar o acesso à Série A com o Coelho na temporada passada.

 

“Neste ano não (quero ser ‘bombeiro’). Em 2019, 2020 e 2021 não vou trabalhar com isso. Foi uma definição minha de plano de carreira. Recebi outros convites também em 2019 e 2020… Depois que eu subi o América, recebi três convites. Dois atrelados à situação de rebaixamento, Bahia e Sport, e, na B, o Náutico”.

Em 2020, o Bahia conseguiu evitar o rebaixamento após a troca no comando técnico. Mano Menezes foi demitido e Dado Cavalcanti assumiu. Esse ano, mais uma vez o Tricolor (em 15º com 32 pontos) luta contra o descenso, mesma situação do Sport que também escapou na edição passada e em 2021 figura dentro do Z4, como 18º com 27 pontos. Na Série B, o Náutico chegou até a ocupar a liderança, mas hoje é somente o 9º colocado, com 45 pontos.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário