Guto Ferreira reitera gratidão ao Bahia: “Elevou meu patamar”

Até então, o início do trabalho de Guto tem sido animador.

Foto: Vitor Tamar/Divulgação/E.C. Bahia

Apesar de muitas vezes ter sido bastante contestado, é inegável que o técnico Guto Ferreira marcou seu nome na história do Esporte Clube Bahia. Na primeira passagem, levou o clube à Série A em 2016 e foi campeão da Copa do Nordeste em 2017. Na segunda passagem, conquistou o Campeonato Baiano de 2018. Recentemente, retornou ao Esquadrão com uma missão diferente: livrar a equipe do rebaixamento à segunda divisão.

 

Até então, o início do trabalho de Guto tem sido animador. Em três jogos, conquistou um triunfo sobre o Athletico-PR (2×0) e dois empates sem gols contra Palmeiras e América-MG. O ponto positivo é defesa (2ª pior do campeonato) não ter sofrido gol.

Em entrevista nesta sexta-feira ao “Segue o BAba”, do Globoesporte, o treinador falou sobre o retorno ao Bahia, e afirmou que não poderia dizer “não” ao clube baiano, afirmando que o Bahia foi responsável por elevar o patamar do seu trabalho.

“Eu acho que se resume na hora que aceitei proposta do Bahia. Na condição em que eu estava, difícil dizer “não” para o Bahia pelo carinho todo que recebo hoje, pelos resultados conquistados e tamanho do clube. O Bahia lá, em 2016, foi o primeiro campeão brasileiro a me contratar. Eu recebi a oportunidade no Internacional, mas já estava no Inter. O Bahia foi o primeiro a ir me buscar. Isso é uma gratidão, elevou o patamar do meu trabalho.”

“Primeiro, que eu me sinto bem. Sempre sou muito bem recebido, e onde você é bem recebido você fica feliz. Estando feliz, tendência é colher bons resultados. Talvez seja isso, esse carinho, essa energia do povo nordestino. E a gente faz de tudo para retribuir”, completa.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. E O SÓCIO TORCEDOR AFASTOU-SE LITERALMENTE DO BAAAEEEA POR NÃO CONCORDAR COM A GESTÃO FRACASSADA BELLLITANI … QUE TEM O MAIOR ORÇAMENTO DE UM CLUBE DO NORTE E NORDESTE

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Em duelo de desesperados, Vitória enfrenta o Brasil de Pelotas neste sábado
  2. Goleiro da base do Bahia é monitorado por clubes europeus, diz site

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*